Quanto custa comer em Fernando de Noronha?

Fernando de Noronha é um dos lugares mais caros do Brasil para se viajar, se não o mais caro. Apesar dos preços elevados é possível viajar para Noronha de uma maneira muito barata! E, se você quiser saber como é possível, não perca tempo e vem correndo ler  Como viajar barato para Fernando de Noronha: Guia completo

Noronhe-se

Voltei para Noronha agora em agosto de 2019 e queria dividir com vocês o preço de alguns restaurantes por lá. Dessa vez fiquei somente três dias na ilha, e apesar dos preços elevados, eles não mudaram muito de 2016 até aqui. Preparados?

Chegamos na ilha por volta das 15:30 de uma quarta-feira. A viagem é bem longa até lá, saímos de Campo Grande para Belo Horizonte, De Belo Horizonte para Recife e de Recife para Fernando de Noronha.

Após deixarmos as malas no quarto escolhido com o airbnb fomos até Açaí Raizes e comemos uma tapioca por R$ 18,00.

El Pero

Depois de uma dormida para recuperar as energias, fomos até o restaurante mexicano/peruano chamado El Pero que fica na frente do Bar do Cachorro. A comida estava muito deliciosa! Eu pedi um ceviche misto que custou R$ 70,00. Achei o preço do restaurante bem parecido com os preços dos restaurantes peruanos da minha cidade.

Ilha Tour

No dia seguinte nós fizemos o passeio que eu acho um dos mais imperdíveis em Noronha para quem vai pela primeira vez, o ILHA TOUR.

Como o passeio dura o dia inteiro, nós não tivemos muita opção de escolha na hora de almoçar. Paramos no Du Mar e eu pedi um peixe grelhado com legumes por R$ 170,00 (servia duas pessoas)  que além de muito bonito, estava muito gostoso!

Euforonha

O dia foi bem cansativo, então decidimos tomar uma cerveja por R$ 15,00 (!!!) bem alto esse preço para uma long neck, não?

E, comer um crepe numa creperia chamada Euforonha que fica ali na Vila dos Remédios, mais precisamente na pracinha Flamboyant. O Crepe “Frango ao Português” custou R$ 40,00.

Restaurante Tio João

O famoso P.F de Noronha, rs. O restaurante Tio João fica na Vila Floresta Velha, só é servido o prato do dia, e custa R$ 30,00 o prato feito. São quatro opões de proteína por dia. No dia que fomos, as opções eram: Frango a milanesa, Rabada com legumes, Omelete ou Carne de Panela. Minha escolha foi o frango a milanesa e tava uma delícia! E, eles também possuem delivery!

Cacimba Bistrô

No último jantar da Ilha, deixei reservado para jantar no meu restaurante favorito por lá: o Cacimba Bistrô.

O Cacimba, fica quase na frente do Casarão de Noronha, indo para a praia do Cachorro. As refeições são preparadas por um Chef, o que faz os preços serem um pouco mais elevado. Da primeira vez que fui a Noronha, eu fui até lá para experimentar só o famoso Pastel com Recheio de lagosta à Bruno Gagliasso por R$ 79,00.

Dessa vez, além do pastel que é divino escolhi também o  Peixe na manteiga de castanha brasileira à João Doederlein por R$ 104,00 e aproveitei para experimentar também os Camarões ao creme de Jerimum e Blue Cheese por R$ 109,00 que meu namorado pediu, rsrs. Além de experimentar um bom drink da casa, minha escolha foi o pink ocean por R$ 40,00.

Apesar do preço bem mais elevado, vale muito a pena conhecer, nem que seja só os famosos pastéis de lagosta. Muita gente vai lá só por ele mesmo!

Onde comer barato e Fernando de Noronha?

Além desses restaurantes que eu te contei, vou deixar mais dicas de restaurantes e lanchonetes mais em conta por lá. Me conta depois qual você gostou mais?

Lanchonete da Babalu (Possui delivery – Vila dos Remédios), Restaurante do Sr Fernando (Vila do Porto), Lanchonete do Gaúcho (Vila dos Remédios), Mabuya Lanches (Floresta Nova, também tem delivery) e tem também o Restaurante do Jacaré (Vila dos Remédios, ao lado do Banco Santander) que é um Self Service por R$ 40,00. Mas atenção: Se resolver ir almoçar no Restaurante do Jacaré, chegue cedo! Das duas vezes que eu fui, cheguei logo depois das 13h  já não tinha quase nada, acabei nem parando lá. E você, tem mais algum lugar barato para comer para me indicar em Noronha?

Comente pelo Facebook

Comentários:

Autor: Amanda Saueia

Brasileira. Contadora. Apaixonada pelo novo, livros, fotografia, música e arte. LOUCA por viagens!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.