10 motivos porque você deve conhecer o Irã

O Irã é um país pouco escolhido pelos brasileiros para turismo e, pensando nisso, vou te dar 10 motivos porque você deve conhecer o Irã e com certeza se apaixonar, como nos apaixonamos.

Inúmeros são os motivos para viajar ao Irã, rs, mas espero te convencer com apenas 10, vamos lá?

Motivo 01: Preço

Pausa para curtir um pouco da paisagem de Shiraz

Uma coisa que sempre prezamos em nossas viagens é o custo! E para nossa surpresa e alegria, o Irã é um país M-U-I-T-O barato!

Quando eu digo isso, eu falo que o custo médio de uma excelente alimentação era de 4 dólares, sendo que restaurantes bons para jantar o custo era de 8 a 11 dólares.

Já estadia, o custo médio era de R$ 110,00 a R$ 150,00 a diária em quarto duplo com café, para hotéis 3 estrelas.

A média das entradas dos museus e monumentos era de 2 a 5 dólares. Barato né?

Motivo 02: Culinária

Almoçando com nosso guia Hamid e aprendendo muito sobre o Irã e é claro, um pouco sobre a culinária também, rs.

Nós somos apaixonados por culinária local dos países e somos aqueles tipos de pessoas que queremos experimentar tudo, rs.

A comida do Irã é deliciosa! Lá eles comem de tudo, como carne de carneiro, carne bovina, frango, peixe, frutos do mar, muita salada fresca, legumes, lentilha, chás, rs.

Experimentamos diversos pratos, doces, chás, cervejas sem álcool e o melhor, pagando bem pouco!

Motivo 03: O povo

Foto com as crianças curiosas do Irã! Super amáveis e simpáticas!

Os iranianos são extremamente educados e amáveis! Nós achávamos que não seríamos muito bem recebidos em razão da diferença cultural… confesso que estávamos com um pouco de receio.

Mas ao chegarmos lá, para nossa feliz surpresa, fomos muito bem recebidos e muito bem tratados. Com certeza isso fez muita diferença em nossa viagem e nos deixou com aquele ostinho de querer voltar.

Motivo 04: Segurança

Ajudando a cuidar da segurança do lugar com meu mais novo amigo, rs.

Outra questão que nos deixou um pouco aflitos era segurança, pois o Irã é muito injustiçado pela mídia.

Engano nosso, o país é extremamente seguro. Por todas as cidades que estivemos, por onde andamos, nos sentimos seguros, muito seguros para falar a verdade!

Inclusive a Amanda fez um post exclusivo para mulheres viajantes que pretendem conhecer o Irã, vale a pena conferir. 😀

Motivo 05: Cultura e religião

Encantados com a beleza da Mesquita Rosa de Shiraz

Obviamente o Irã é daqueles países que nos dá um choque de cultura, sabe? E a gente adora isso!

A religião predominante no Irã é o Islamismo, cuja vertente é Xiita. Tivemos a oportunidade de conviver com o nosso guia iraniano e aprender muito sobre a religião e os costumes da população.

Foi uma experiência riquíssima, que além de nos fazer aprender muito, nos faz respeitar cada vez mais as diferenças e as individualidades de cada um.

Fora isso aprendemos também muito sobre os Zoroastras, enquanto estivemos em Yazd que é o berço do Zoroatrismo.

Motivo 06: As belezas do país

Vista linda do terraço do palácio em Isfahan. Ao fundo, uma das maiores e mais bonitas praças do mundo!

O Irã é lindo! Visitamos cidades, restaurantes, casas de chás, mesquitas, palácios, praças, bazares e jardins lindíssimos! Para todos os lados que olhávamos, era uma nova descoberta, uma beleza, um detalhe, enfim, sempre era um estase.

Motivo 07: A história

Em frente ao Museu Nacional do Irã, em Teerã.

Fora a beleza, o que nos cativava era a história! Quanta riqueza! Aprendemos sobre o Islã, visitando mesquitas antigas do século XVII, tivemos a oportunidade de visitar a cidade Zoastra de Yazd e ainda aprender sobre eles, visitando inclusive a torre do silêncio.

Conhecemos uma das maiores e mais bonitas praças do mundo, na cidade de Isfahan. Podemos percorrer por diversos bazares que são riquíssimo em história e que abrigam o coração das cidades.

Estivemos em Persépolis e Pasárgada, onde aprendemos muito sobre a história do Império Persa, enfim, sem exageros, rs, ficamos imersos na história do país e tivemos a oportunidade de vivenciar muitas experiências autênticas, como gostamos.

Motivo 08: Persépolis e Pasárgada

Nas ruínas de Persépolis

Pasárgada foi a primeira capital do Império Aquemênida, inclusive é o lugar onde fica o túmulo do então rei Dario I.

Em 512 a.C. o rei Dario I expandiu a construção que posteriormente foi ampliada por seu filho Xerxes I e seu neto Artaxerxes I.

A cidadela de Persépolis mantinha a função de capital cerimonial, onde se celebravam as festas.

Infelizmente Alexandre Magno ocupou e saqueou Persépolis, incendiando o palácio de Xerxes, que com o tempo também, só restaram ruínas.

Apesar de hoje só restarem ruínas, a experiência é riquíssima! Lá é possível alugar um óculos com realidade 3 D para você ter um ideia de como o lugar era.

Persépolis e Pasárgada eram paradas obrigatórias em nosso roteiro e definitivamente foi um dos pontos altos da viagem!

Motivo 09: Patrimônio mundial da UNESCO

Pausa pra foto em frente a Mesquita que é patrimônio Mundial da UNESCO

O Irã abriga inúmeros patrimônios mundiais declarados pela UNESCO, são eles:

Palácio de Golestão, Persépolis,  Pasárgada, Cidade antiga de Yazd, Mesquita Jāmeh de Isfahān, Naqsh-e Jahan Square, Fin Garden,  Tchogha Zanbil, Meidan Emam, Takht-e Sulaiman, Bam e sua Paisagem Cultural, Soltaniyeh, Bisotun, Conjuntos Monásticos Arménios no Irã, Sistema Hidráulico Histórico de Shushtar, Conjunto do Bazar Histórico de Tabriz, Conjunto do Khānegāh e do Santuário do Xeque Safi al-Din em Ardabil, Jardins Persas, Gonbad-e Qābus, Aldeia de Meymand, Ruínas de Susa, O qanat persa, Deserto de Lut ePaisagem arqueológica do Império Sassânida, em Fars.

Quer saber um pouco mais sobre eles? Não deixe de conferir o post que a Amanda fez: Lugares que são patrimônios mundiais da Unesco no Irã!

Motivo 10: Comprinhas

Selfie no Gran Bazar de Teerã no Irã

Sim, comprinhas, rs. Nós não só adoramos visitar os lugares, como também trazer um pouco deles com a gente, rs.

No Irã isso é super possível, ainda mais que como mencionei no motivo número 01, as coisas são bem baratas!

Lá você pode fazer muitas comprinhas, principalmente de coisas para casa como artesanatos, tapetes, temperos, caviar, pistaches, enfim, uma infinidade de coisas que enchem nossos olhos e nos dá vontade de levar tudo, rs.

Se você quiser saber um pouco mais sobre o que conhecemos por lá, não deixe de conferir os posts abaixo:

Quer saber também por onde estivemos? Confira!

Antes que eu me esqueça, rs, o primeiro episódio da nossa viagem pelo Irã já está em nosso canal do YouTube!

Ah, não esqueça de se inscrever no nosso canal e ativar o sininho para acompanhar os outros que serão postados semanalmente!

Comente pelo Facebook

Comentários:

Autor: Rodrigo Coelho

Advogado. Apaixonado por culturas, cheiros e sabores diferentes. Viajante compulsivo.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.