Roteiro completo pela cidade de Isfahan no Irã

Assim como Shiraz, Isfahan é uma das cidades favoritas dos turistas que decidem viajar ao Irã. Quer saber o motivo? Então não deixe de conferir esse post!

Isfahan é a terceira maior cidade do Irã e também era uma das paradas que não abríamos mão de conhecer! Estávamos ansiosos e extasiados por tudo que já tínhamos visto pelo país. Será que a cidade iria nos surpreender?

É claro que nos surpreendeu e muito!

Tivemos um dia inteiro e intenso por Isfahan, inclusive a qual elegemos para fazer nossas comprinhas, rs, pois nosso guia havia comentado que era uma das mais baratas, inclusive para comprar tapetes. 😀

Bom, mas antes de falar sobre sobre Isfahan, vou deixar aqui os posts de como chegamos ao Irã viajando de classe executiva com milhas 😛

Após nosso primeiro dia no Irã, em Teerã que eu contei a nossa experiência no post  “o que fazer em Teerã” pegamos um voo à noite para Shiraz, onde infelizmente só ficamos um dia!

Confira o que fazer em Shiraz, uma das cidades mais belas do Irã!

Falaremos de Isfahan, rs.

Parada 01: Chehel Sotun Royal Palace

Vista do jardim do palácio

O Chehel Sotun Royal Palace é um palácio com um jardim lindo que fica no extremo de uma longa piscina. O lugar foi construído pelo Xá Abbas II que era usado para o seu entretenimento e recepções, onde ele recebia dignitários e embaixadores.

Entrada da sala principal do palácio

O mais legal é que em um dos salões há várias pinturas que retratam a história do Irã!

No dia que fizemos a visita, tinha uma excursão de crianças iranianas que eram super curiosas, rs. Com muita timidez perguntavam de onde nós eramos e até pediam “selfies”, rs.

Foto com as crianças curiosas do Irã! Super simpáticas!

Parada 02: Naqsh-e Jahan Square

Foto na praça principal de Isfahan, uma das maiores do mundo!

A praça Naqsh-e Jahan fica no centro da cidade de Isfahan e é uma das maiores do mundo (!!!).

O mais legal é que ela está rodeada dos edifícios mais importantes era safávida, como também próxima a Mesquita Shah que fica ao sul, o bazar da cidade e também o Palácio de Ali Qapu.

Eu adoro esses espaços que concentram lugares históricos e que estão em nosso roteiro, rs!

A praça é linda, inclusive uma das mais bonitas que conheci.  Fiquei imaginando como seria na primavera, já que o Irã é super famoso pelos jardins que representam parte do que os iranianos idealizam que seja o céu.

Parada 03: Sheikh Lotfollah Mosque

Vista da entrada da Mesquita que era particular da corte

A Mesquita do Sheikh Loftollah é simplesmente linda! O Xá Abbas ordenou a construção dessa Mesquita para uso da corte, somente.

A intenção do Xá Abbas era que  lugar sagrado fosse destinado para as senhoras do seu harém.

Interior da Mesquita que era particular da corte

Como era uma Mesquita privada, para evitar a travessia da praça até a mesquita, o Xá Abbas mandou que o arquiteto construísse um túnel que ia até o Palácio Ali Qapu.

Por centenas de anos a Mesquita não era aberta para as pessoas, contudo, hoje ela é aberta ao público, inclusive para nós turistas! 😛

Parada 04: Ali Qapu Palace

Vista linda do terraço do palácio

Ainda na praça, visitamos o Ali Qapu Palace que foi construído por decreto do xá Abbas I no início do século XVII.

Era nesse palácio que o xá Abbas I  costumava entreter visitantes nobres e embaixadores estrangeiros e também foi onde pela primeira vez foi celebrado o ano novo Iraniano, conhecido como Nowruz.

A vista do terraço é simplesmente fenomenal, pois de lá conseguíamos ver a praça, a Mesquita e um pouco da cidade.

Vista do terraço do palácio

Parada 05: Friday Mosque (Mesquita Jameh)

Pausa pra foto em frente a Mesquita

Essa é um das Mesquitas mais antigas existentes no Irã. Ela é simplesmente imensa! O que se sabe é que foi construída no século VIII, contudo sofreu um incêndio, sendo reconstruída no século XI durante a dinastia Seljúcida.

Ao longo dos anos a Mesquita passou por diversas reformas , que acabou dando um toque especial, pelo menos para mim, rs, já que ao longo desses anos construíram salas em diferentes estilos arquitetônicos, o que acabou fazendo com que ela represente uma história  da arquitetura iraniana.

Parada 06: Lojas de tapete Persa

Tentando resistir pra não tentar levar a loja inteira, rs

Antes de nos aventurarmos pelo bazar da cidade, que por sinal é uma das coisas que mais adoramos fazer, nosso guia nos levou para uma famosa loja de legítimos tapetes persas.

Segundo ele (nosso guia), Isfahan é um dos lugares mais baratos para comprar tapete no Irã.

É complicado falar sobre preços, já que inúmeros fatores o determinam, como por exemplo material (seda, lã, misto, etc), a quantidade de nós, tamanho, cor e modo como foi feito, se a mão ou a máquina.

Mesmo que você não pretenda comprar um tapete persa, você pode visitar uma das lojas para conhecer o trabalho e ainda, dependendo do estabelecimento, receber uma explicação de como são produzidos, como foi no nosso caso.

Parada 07: Qeysarieh Bazaar

Artesanato iraniano em cobre e turquesa

Finalmente o bazar, rs, o momento que esperávamos! No bazar você encontra de tudo, como alimentos, roupas, souvenirs, artesanatos, obras de artes, tapetes, eletrônicos, etc.

Nós ficamos horas por lá, inclusive, jantamos em um restaurante cuja comida era maravilhosa!

Outras paradas

Fora do nosso roteiro programado, paramos para tomar um chá em uma casa de chá super charmosa em Isfahan!

Pausa pro delicioso chá iraniano

O nosso guia também nos levou para conhecer um restaurante, só pra uma foto mesmo, rs, que é L-O-T-A-D-O de objetos por todos os lados!

Paramos rapidinho só para uma foto, rs

Simplesmente sensacional!

Nosso guia também nos levou para almoçar em um restaurante de comida iraniana, com direito até a show!

Almoçando com nosso guia Hamid e aprendendo muito sobre o Irã.

Por onde estivemos

Quer saber mais sobre o Irã? Não deixe de conferir:

E você? Tem vontade de conhecer ou voltar ao Irã? Conta aqui pra gente!

Comente pelo Facebook

Comentários:

Autor: Rodrigo Coelho

Advogado. Apaixonado por culturas, cheiros e sabores diferentes. Viajante compulsivo.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.