10 curiosidades sobre a Coreia do Sul que você precisa saber!

Se você adora curiosidades ou quer conhecer esse maravilhoso País, não deixe de conferir 10 curiosidades sobre a Coreia do Sul!

A Coreia do Sul é um país que não é muito visitado por nós brasileiros, inclusive não estava em nossa listinha de prioridades.

Contudo, como geralmente não escolhemos nosso destino e sim, somos escolhidos, rs, viajamos para Coreia do Sul em janeiro de 2019 e simplesmente amamos!

Quer entender mais sobre como somos escolhidos pelos destinos (promoções) e saber como emitimos nossas passagens por milhas em nossa viagem pela Ásia?

Veja: Como emitimos nossas passagens pela Ásia em classe executiva pagando pouco!

Mas vamos as curiosidades:

Curiosidade 01: Imigração e visto

Primeiramente não é necessário requerer visto antecipado para visitar a Coreia do Sul, muito menos pagar qualquer taxa por ele.

O curioso da imigração é que o oficial quase não fala nada com você. Ele apenas pede para você colocar os seus dedos em uma máquina, que SIMPLESMENTE ao identificar que você é brasileiro, te dá as orientações em português brasileiro!

O engraçado disso é que geralmente países da Europa, Ásia e África, pelo menos os que eu visitei, quando tinham alguma gravação ou áudio guia por exemplo, eram em português de Portugal.

A máquina indica os dedos que você precisa colocar no scanner, a hora da foto e “plim plim”, feito o procedimento o oficial imprime o seu visto, te entrega e não carimba o seu passaporte!

Então guarde muito bem o papel, pois ele é seu visto de entrada no país, comprovando a regularidade da sua imigração.

Curiosidade 02: Você é recebido por um robô no aeroporto

Quando chegamos ao aeroporto, passamos pela imigração, pegamos a mala e fomos para a saída do desembarque.

Lá no desembarque tinham alguns robôs, rs, que ficam rodando pelo aeroporto, tanto na área do desembarque quanto do embarque, para fornecer informações! Não é demais?

Por exemplo quando chegamos, não sabíamos como iríamos sair do aeroporto para ir para o nosso guesthouse, já que o aeroporto de Incheon fica relativamente longe de Seul.

Interagimos com o robô, digitamos o nome do guesthouse e ele nos forneceu a linha de ônibus que deveríamos pegar, que seria a forma mais econômica!

Eu achei demais, rs.

Essa foto foi retirada do stories do nosso Instagram @naoecaroviajar, pois perdemos grande parte das fotos/vídeos dessa viagem.

Curiosidade 03: Wi-fi  grátis na cidade

Nós visitamos apenas Seul enquanto tivemos na Coreia do Sul, então minha experiência está baseada nisso.

Na cidade inteira de Seul, praticamente, tinha Wi-fi grátis! Bastava apenas clicar na rede, preencher algumas informações pessoais básicas e pronto, a internet funcionava perfeitamente!

Em alguns postes da cidade têm o aviso de Seul Wi-fi. Depois eu reparei que no topo desses postes ficavam os modems (ou modens), que fornecem o sinal de internet.

 

Foi bem tranquilo para nós pesquisar itinerários, acessar mapas online e etc. por lá com a ajuda da internet gratuita da cidade. 😀

Essas fotos foram retiradas do stories do nosso Instagram @naoecaroviajar, pois perdemos grande parte das fotos/vídeos dessa viagem.

Curiosidade 04: Ar poluído/insalubre

Durante nossa viagem por Seul na Coreia do Sul, percebemos que a maioria dos coreanos usavam mascaras hospitalares, inclusive alguns turistas também a utilizavam.

Já sabíamos que alguns moradores desses países asiáticos tinham esse costume, como no Japão por exemplo, contudo, não sabíamos ao certo o motivo, se era o mesmo para todos ou específico para cada país.

No caso da Coreia do Sul as pessoas usam as mascaras hospitalares porque o ar é extremamente poluído, considerado insalubre.

A cidade tem o aspecto de “nublada” e nós acreditávamos que era por conta do clima, já que era inverno na época que visitamos. Mas não, a “neblina” na verdade era POLUIÇÃO.

Inclusive em um dia que estávamos passeando em uma das ruas da cidade, o Ike recebeu uma notificação no celular, tipo um alerta, falando que a poluição no ar estava nível alto! Tenso né?

Curiosidade 05: É proibido fumar

Pelo menos em Seul, onde ficamos na Coreia do Sul, não era permitido fumar em diversos locais da cidade, inclusive a céu aberto.

Reparamos nisso pois, há diversos avisos com a proibição de fumar em bairros residenciais (como o que ficamos hospedados em nosso guest house), como também nas proximidades das estações de metrôs.

Acho que a medida de cigarro ajuda também na limpeza da cidade, pois não vimos bitucas de cigarro pelo chão. Interessante, não?

Curiosidade 06: Líder asiática nos cosméticos

Os cosméticos Sul Coreanos são super famosos por serem excelentes! Se você é vaidosa (o) e adora cosméticos, a Coreia do Sul é seu lugar!

São várias marcas famosas, que inclusive já chegaram ao Brasil como por exemplo Missha, Tony Moly, e The Saem .

 

Você encontra as lojas dessas marcas em vários lugares como shoppings e lojas de rua! O mais legal é que há várias promoções naquele esquema de compre um ganhe outro ou compre x e ganhe mais w, y, z, rs.

É uma verdadeira perdição, ainda mais que há vários produtos diferentes como máscaras de ouro 24k, produtos a base de caracol (lesma),  de tinta de polvo, entre outros.

 

Os preços não são absurdamente baratos, pois são cosméticos de alta qualidade, porém  é muito mais barato do que em outros países, ainda mais nesse esquema de ganhar brindes, rs.

Se você gosta de comprinhas não deixe de conferir nosso post sobre as lojinhas de “R$1,99” no Japão.

Curiosidade 07: Pessoas educadas e simpáticas

Quando estava pesquisando sobre a Coreia do Sul, li vários relatos de que os Sul Coreanos eram pessoas introvertidas, fechadas e que não gostavam muito de turistas.

Não sei qual foi a experiência que essas pessoas tiveram na Coreia do Sul, então não posso falar muito, mas a nossa experiência (eu e Ike) foi muito boa!

Achamos os Sul Coreanos extremamente simpáticos e solícitos. A maioria dos quais tivemos contato, falavam inglês e os que não falavam, tentaram de todas as formas se comunicar, sempre sorrindo.

O mais engraçado é que a maioria dos Sul Coreanos perguntavam se nós éramos irmãos gêmeos e quando dizíamos que não, ficavam assustados, rs.

Particularmente não vejo semelhança nenhuma, talvez fosse pelo fato de sermos ocidentais e de não ter muitos turistas naquela época, devido ao frio.

Curiosidade 08: Aviso de terremoto

Haviam vários avisos espalhados pela cidade de como proceder em caso de terremotos, principalmente na região que estávamos, que era próxima a Hanok.

A orientação era buscar um lugar que fosse aberto, como um parque, um estacionamento, etc.

As placas inclusive indicavam lugares próximos, com essas características.

Essa foto foi retirada do stories do nosso Instagram @naoecaroviajar, pois perdemos grande parte das fotos/vídeos dessa viagem.

Curiosidade 09: Faixa de pedestres

As faixas de pedestres em Seul em sua grande maioria possuíam dois sentidos, o de ir e vir.

Achei bem interessante pois, as faixas são bem largas e isso ajuda bastante no “trânsito” dos pedestres, ainda mais em horário de pico, sabe?

Essa foto foi retirada do stories do nosso Instagram @naoecaroviajar, pois perdemos grande parte das fotos/vídeos dessa viagem.

Curiosidade 10: Banheiros públicos

A cidade de Seul era bem servida de banheiros públicos, ainda mais em regiões mais turísticas ou bairros de comércio.

O mais interessante, digamos uma realidade um pouco diferente de inúmeros países que visitei, inclusive no Brasil, é que os banheiros são extremamente limpos e organizados!

Não tinha banheiro com urina no chão ou na tampa do sanitário, não tinha marcas ou restos de número 2, rs, bagunça com papel higiênico ou mau cheiro!

Eu acredito que o governo da Coreia do Sul investe muito em higiene e limpeza, mesmo que o lugar seja público!

Isso é um ponto bem positivo, ainda mais para nós que ficávamos o dia inteiro na rua andando de baixo para cima! 😀

E aí? Já conhece a Coreia do Sul ou tem vontade de conhecer? Compartilha aqui com a gente!

Rodrigo Coelho

Advogado.
Apaixonado por culturas, cheiros e sabores diferentes.
Viajante compulsivo.

Comente pelo Facebook

Comentários:

Autor: Rodrigo Coelho

Advogado. Apaixonado por culturas, cheiros e sabores diferentes. Viajante compulsivo.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.