5 Dicas para viajar de maneira mais responsável pelo mundo!

Viagem de um modo geral traz muitos benefícios para o destino pois aumenta a renda, gera mais empregos e traz progressos. No entanto, principalmente em países em desenvolvimento como também é o caso do Brasil, o turismo também pode acarretar destruição da natureza, patrimônio histórico, arquitetônico, poluição e lixo e aumento de prostituição (turismo sexual).

Devido a essas questões, na hora de viajar temos como obrigação ser os mais sustentáveis possíveis e por isso acho importante falarmos de pequenas ações para se conseguir uma viagem sustentável.

# 1 – Respeite a cultura local

Eu sempre falo sobre a importância de se fazer um bom planejamento e isso inclui um bom roteiro. No entanto mais importante que seu roteiro é você se informar o máximo que puder sobre a cultura local.

Conhecer um pouco da língua, dos costumes e crenças é essencial quando falamos sobre o respeito a cultura local, além de nos fazer imergir mais facilmente na viagem e evitar gafes desnecessárias.

Pausa para um sorvete em uma sorveteria local, após comprar umas lembrancinhas na feirinha local.

# 2 – Hospede-se em locais independentes

De uma forma geral, hotéis que fazem parte de uma grande rede tem boa arte de sua grana destinada a outro local. Por isso, para viajar mais sustentável é importante escolher pequenos hotéis independentes.

Hotel familiar que ficamos no Vale do Ziz

Além de claro, serem mais típicos. Eu, particularmente amo me hospedar em hotéis independentes, principalmente se eles forem familiares. A conexão e imersão com o destino de viagem é outra, te garanto!

Aprendemos a fazer uma pizza berbere com a matriarca da família no hotel. Uma experiência única!

# 3 – Consuma em estabelecimentos locais

Assim como no caso dos hotéis, vale também escolher seu alimento em estabelecimentos locais. Evite comer em fast foods mundialmente conhecidos e espalhados por aí. Descubra de verdade novos sabores da culinária local. O mesmo conselho eu te dou sobre compras. Na hora de comprar lembrancinhas, vá a feiras locais, compre diretamente do artesão. Valorize o trabalho manual e tenha em mãos a certeza de sair do destino com muito mais riqueza na bagagem.

Comendo um legitimo sanduíche árabe na Medina de Fez.
Carnes para sanduíches na Medina de Fez

# 4 – Pense duas vezes antes de participar de atrações turísticas com animais

De uma forma geral tudo que tem animais é visto como um chamariz para turistas desavisados. Se informe antes, procure saber mais sobre a utilização deles. Existem muitas maneiras de você ver de perto animais, principalmente os selvagens.

Veja também: Descubra 5 países baratos para viajar no sul da Ásia!

Existem santuários, ongs, projetos e pessoas que cuidam de animais que foram maltratados caso você queira ver mais de perto. Na Índia, por exemplo o número do uso de elefantes para turismo é comum, mas lá mesmo existem projetos que resgatam e cuidam desses animais, e foi justamente para lá que nós fomos, ao invés de cairmos na cilada dos “domadores” de elefante aos pés do Amber Palace em Jaipur.

E ah, se quiser ver a vida selvagem de uma forma segura por que não fazer um safári? Assim você vai vê-los da forma que se deve, em sua forma livre de viver e explorar o mundo.

# 5 – Faça trabalhos voluntários

Que tal planejar uma viagem diferente para as suas próximas férias? Além de viajar gastando quase nada você ainda vai ter a oportunidade de não só aprender um pouco mais sobre a cultura local, como se doar um pouco também! Já pensou em fazer trabalhos voluntários pelo mundo? A WWOOFWorldpackers, Helpx  e a Workaway são algumas plataformas de trabalhos voluntários que trocam o seu trabalho voluntário por hospedagem. Então que tal dar uma olhadinha e escolher sua próxima viagem?

Amanda Saueia

Brasileira. Geminiana. Contadora. Apaixonada pelo novo, livros, fotografia, música e arte. LOUCA por viagens!

Comente pelo Facebook

Comentários:

Autor: Amanda Saueia

Brasileira. Geminiana. Contadora. Apaixonada pelo novo, livros, fotografia, música e arte. LOUCA por viagens!

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.