13 Lugares fora do roteiro turístico para se conhecer em NYC!

Lugares fora do roteiro turístico para se conhecer em NYC!

Uma das cidades mais visitadas do mundo, se reinventa a cada estação. Nova York é uma cidade para inúmeras viagens, e em cada uma delas você descobre e se apaixona um pouco mais pela big apple. Então veja 13 Lugares fora do roteiro turístico para se conhecer em NYC, e aproveite Nova York muito além dos ícones e clichês!

#1 – Ilha do Governador

Antiga base militar, essa ilha tem cerca de 70 hectares, e foi transformada em um oásis verde. A Ilha do Governador é passeio indispensável para quem vai até NYC no verão! Nos meses de Maio até Outubro,  por apenas US$ 2, você embarca na balsa que leva você até a Governos Islands.

Por lá, você encontrará ótimos bares, passeios de bicicletas e muitos eventos de verão. A Ilha recebe diversos festivais com atividades culturais, exposições e djs renomados.

Veja também: 25 coisas para se fazer de graça em Nova York!

#2 – Greenacre Park

Você sabia que existe um mini park no coração de Midtown?

O Greenacre Park é pouco conhecido e premiado. Então por lá você vai conseguir ver flores, jardins, esculturas e até uma cascata de 7 metros de altura que consegue abafar o som e a loucura da cidade grande.

O parque fica localizado na  217 E 51st para quem quiser ir dar uma conferida.

#3 – City Island

Mas, se você deseja fugir um pouco da loucura da Big Apple, que tal dar uma escapada até o Bronx? Há pouco mais de 30 quilômetros de distância de Manhattan, você chega a City Island. Uma charmosa e pequena cidade litorânea que conserva o estilo vintage da Nova Inglaterra.

Aproveite para comer deliciosos pratos de frutos do mar, entrar em lojas de antiguidades e quem sabe fazer um passeio de barco.

#4 – Coney Island

Coney Island é uma península localizada no distrito de Brooklyn. No entanto, você verá uma atmosfera diferente por aqui. Praia, calçadões e montanhas-russas são os três principais elementos que caracterizam esse divertido lugar.

No entanto, aproveite para fugir um pouco do calor, pegue um sorvete e relaxe na enorme faixa de areia em frente ao mar. E, quem sabe depois de se divertir no parque você entra na água e me conta se achou ela tão gelada quando eu achei? Rs.

#5 – Empire State Building

Mas, Amanda você não estava falando sobre programas fora da rota turistica? O que o Empire State Building tem a ver com esse texto?

Calma, rs! Eu sei que o Empire State Building é um dos escolhidos por quase 100% dos turistas que vão a Nova York como programa imperdível em sua primeira viagem á ilha. Mas, o que pouca gente sabe é que o mirante fica aberto até 1 hora da madrugada! Então é isso mesmo, e ah prefira ir depois das 22 horas, onde o número de visitantes é bem menor, e de quebra você ainda consegue ver arranha-céus de Manhattan todos iluminados!

#6 – Museu da Imagem e do Som

Para quem ama TV e cinema não pode deixar de conferir o Museu da Imagem e do Som que fica no Queens. O ingresso custa $15 e saindo de Manhattan você pega o metrô das linhas N ou Q e desce na 36 Av. O museu fica á poucos metros do metrô, na 35th Avenue com 36th Street.

No entanto, aproveite que você vai estar pelo queens e explore cada cantinho dessa parte da ilha que não é muito explorada pelos turistas. Por lá você encontra diversas opções de comidas gregas, latinas e do oriente médio.

#7 – High Line Park

Com aproximadamente 2,5 quilômetros de extensão, o parque linear suspenso fica a 8 metros de altura, e atravessa três bairros diferentes: Meatpacking, West Chelsea e Hell’s Kitchen/Clinton. Então é uma ótima maneira para você conhecer de cima, uma das regiões que não é muito visitada por turistas. Mas, o grande charme do local está no fato de contrastar a sua área verde com os arranha-céus de Manhattan, o que cria um cenário muito bonito e cosmopolita.

A entrada é Free!

#8 – Chelsea Market

Aproveite que vai estar na região quando for ao High Line Park e vá até o Chelsea Market, um mercado gastronômico gratuito.

No entanto, você pode caminhar ao redor de vários expositores, e juro ficar na dúvida sobre o que você vai acabar comendo, já que há várias culturas e comidas do mundo todo para se provar. Mas, além da vasta quantidade de restaurantes, no Chelsea Market você encontra desde produtos finos até um mercado de pulga.

#9 – Brooklyn

Então é difícil não colocar o Brooklyn nessa lista. Mas, apesar de parecer óbvio ter que ir até lá e ver a enorme diversidade cultural do Brooklyn, muitos turistas ainda não o fazem. Então seja diferente! Vá além da ponte do Brooklyn, rs. Explore o Brooklyn Brigde Park, Williamsburg e Bushwick!

No Brooklyn Brigde Park veja de perto um carrossel de 1922 e sessões de cinema ao ar livre no verão.  Mas, após caminhe até o Dumbo e aproveite a Water Street para ver galerias e lojinhas em uma área que antigamente era industrial.

No entanto, o Williamsburg, o bairro hipster mais famoso do planeta, não deixe de conhecer a feira Artists & Fleas e o food market Smorgasburg. Mas, de lá, estique até Bushwick, o bairro para onde os hipsters que acham que Williamsburg não é mais cool se mudaram. Não deixe de conhecer a galeria a céu aberto da The Bushwick Collective.

#10 – Prospect Park

Então, ainda no Brooklyn,  conheça o “Central Park” de lá. Dê uma escapada até o Brooklyn Museum e o Brooklyn Botanical Garden. Mas, se você decidir ir nas quartas e/ou sábados,  conheça também a feira Greenmarket. Então se for no verão, aproveite e celebre o palco Celebrate Brooklyn!.

#11 – Blue Note Jazz Club

Então, você sabia que jazz teve origem no final do século XIX no sul dos Estados Unidos? No entanto, como uma combinação de harmonia europeia e elementos musicais africanos. Então para os amantes de jazz, que tal conhecer um dos principais clubes de Jazz do mundo? Mas, é um local indicado para quem deseja fazer um programa clássico em Nova York: ouvir um bom jazz e tomar uns bons drinks.

Para conferir a programação da casa é só acessar o site.

#12 – The Cloisters e Fort Tryon Park

Braço do Metropolitan Museum of Art (o MET), o Cloisters é um museu de arte e arquitetura medievais. No entanto, o museu fica dentro do Fort Tryon Park, um refúgio com jardins bem-cuidados e vista para o rio Hudson.

O preço do ingresso para entrar no The Cloisters é $25,00 por pessoa.

#13 – Rooftops

Então você decidiu que quer ver a Big Apple de outro ângulo? Que tal ir até um bar-rooftop? Em Nova York há diversos deles. Mas, separei alguns de acordo com a vista, dá só uma olhada:

  • A melhor vista do alto de Manhattan, você pode ter do Rooftop-bar The Crown.
  • A melhor vista da Times Square, você consegue do Rooftop Bar Skyroom e ainda do Rooftop Lounge & Bar 54
  • A melhor vista do Empire State Building, você consegue no bar Rooftop 230 Fifth, Rooftop Spyglasse e ainda o The Skylark.
  • A melhor vista do Memorial do 11 de setembro e do One World Trade Center, você pode ter no W Downtown.

 

Amanda Saueia

Brasileira. Geminiana. Contadora. Apaixonada pelo novo, livros, fotografia, música e arte. LOUCA por viagens!

Comente pelo Facebook

Comentários:

Autor: Amanda Saueia

Brasileira. Geminiana. Contadora. Apaixonada pelo novo, livros, fotografia, música e arte. LOUCA por viagens!

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.