Conheça Reims – A cidade do Champagne na França

Em março deste ano fomos convidados pela Mumm para conhecermos a adega e todo o processo para se fazer um excelente Champagne! A Mumm fica na região de Reims, na França e a região é muito conhecida pelos excelentes produtos de champagne. Mas Reims é bem mais do que só a região do champagne. A capital do champagne abriga outras diversas atrações que são imperdíveis!

Conhecendo Reims

Reims pronuncia-se como Rã-ms, é a maior cidade da região do champagne na França.  Fica somente a 127km a nordeste de Paris. Para chegar até lá, você pode pegar um trem TGV, ou se estiver em um grupo de mais pessoas (como foi o nosso caso) pode alugar um carro.

Ônibus no centro de Reims, em formato de garrafa de Champagne.

Veja também: Copa do mundo no Qatar 2022 – O que esperar?

Reims é considerada a capital do champanhe e principal cidade do Champagne no mundo todo! E as principais atrações da cidade, que também é universitária são:

A Cathedral Notre Dame de Reims

A atual Catedral de Reims levou cerca de 300 anos para ser construída. As obras tiveram início no dia 6 de maio de 1211 sob as ruínas do edifício anterior,  que infelizmente foi destruído em um incêndio em 1210, e só terminou em 1516.

A catedral conta com cerca de 2.303 estátuas. E suas estátuas contam historias religiosas, passagens da Bíblia e também um pouco da história da França.

Além de ser uma joia da arquitetura gótica francesa, a Catedral de Reims está intimamente ligada à história da França. Foi nela que, de 1027 até 1825, 25 reis franceses foram coroados. Somente Louis VI e Henri IV não foram coroados na catedral. E por esse motivo a Cathedral Notre Dame de Reims é tão importante para a história da França, sendo conhecida também como cidade das coroações e, ou mesmo cidade dos reis.

Em 1991, a Cathedral Notre Dame de Reims foi inscrita na lista de patrimônio mundial da UNESCO.

Parque natural regional da montanha de Reims

Para quem gosta de natureza, conhecer a fauna e a flora da exótica floresta de Les Faux de Verzy tem que ser item obrigatório para quem vai até a região do champagne! Além de conhecer onde são cultivadas as uvas para a produção dos champagnes, você também acaba conhecendo de quebra, a tradição secular do local.

As maisons de Champagne

Com seus campos cobertos de videiras e as adegas naturais das grandes produtoras de champagne onde estão armazenadas milhões de garrafas em mais de 127 km de túneis subterrâneos espalhados pela cidade, as maisons de champagne são, de forma geral o motivo número 1 dos turistas quererem tanto visitar Reims.

As mais conhecidas maisons são: Veuve Clicquot, Ruinart, Mumm, Pommery, Charles de Cazanove, Taittinger, Lanzen, e Vankren. Ainda existem os pequenos produtores que vale e muito a pena visitar, especialmente se você tem um pouco mais de tempo na cidade.

Nós fomos a convite da Mumm e nossa experiência por lá foi encantadora!

Mumm

 

Nossa visita a champanheria da Mumm foi extremamente bem explicada e atenciosa.

A história do local foi nos contada em detalhes, bem como a produção do champagne e todo o processo de fermentação que um champagne de qualidade passa. Nosso tour foi em inglês, mas a Mumm também oferece tours em espanhol, italiano, alemão  e claro, em francês 😀

Fundada pelos irmãos alemães Jacobus, Gottlied e Philipp em 1827, desde o início foi uma grande exportadora de seu produto para toda a Europa, em 1881 já chegava aos Estados Unidos e em 1902 era a grande líder mundial em comercialização de champanhe. Em sua história passou por diversos donos, mas sempre com um alcance mundial, hoje pertence ao grupo Pernod Ricard S.A, e é famosa por ser a champanhe oficial da Fórmula 1.

A cave que pode ser visitada hoje, não é a mesma de 1827, mas inclui 25km de túneis subterrâneos e um pequeno museu.

Primeiro na visita é mostrando e explicado todo o processo desde a colheita das uvas, armazenamento nas cavas até o seu engarrafamento. Somente no final é que há a degustação dos maravilhosos champagnes.

Visitas

De março a outubro, as visitas são oferecidas diariamente das 9h30 as 13h e das 14h as 18h e de novembro a fevereiro, de segunda a sábado, das 9h30 as 12h e das 14h as 18h.

Assim como as outras Maisons, o valor da visita na Mumm varia de acordo com o tipo de degustação escolhida, o tour de degustação começa em €25 por pessoa.

As festas do champagne!

Para os festeiros de plantão, existem algumas festas tradicionais em Reims durante o ano todo. Se você faz parte desse grupo, e estiver visitando a França em algum desses períodos, vale a pena conhecer!

 

  • La Champenoise: acontece geralmente no fim de junho. Festa recente, começou em 2016, reúne produtores de champanhe e chefs locais no mercado fechado da cidade.
  • Rêve des Couleurs: acontece em Reims todos os anos de maio a setembro. Um espetáculo de som, luzes e cores projetadas sobre a fachada da Cathedral de Notre Dame.
  • Les Habits des Lumière: acontece em Épernay no começo de dezembro. Eperney é a segunda região de Champagne na França seguida de Reims. E a cidade fica somente a 30 kg de Reims. Bem pertinho, e caso esteja na França em dezembro, vale a pena conhecer o festival! Afinal, são 3 dias de festa em torno do champanhe e do “art de vivre français”:  animações, concertos,  fogos de artifício, degustações e bares de champanhe.

Como ir de Paris até Reims?

  • De carro: Se você estiver em um grupo maior de pessoas, vale sim a pena alugar um carro e ir ate Reims.
  • De ônibus: a viagem tem cerca de 2 horas de duração. Consulte valores e compre a passagem pelo site da empresa de ônibus OuiBus.
  • De trem: Talvez seja o jeito mais conhecido, e o mais rápido também. A viagem de trem dura cerca de uma hora partindo de Paris. Compre sua passagem antecipadamente pelo site da rail europe e garanta sempre os melhores preços.

 

Amanda Saueia

Brasileira. Geminiana. Contadora. Apaixonada pelo novo, livros, fotografia, música e arte. LOUCA por viagens!

Comente pelo Facebook

Comentários:

Autor: Amanda Saueia

Brasileira. Geminiana. Contadora. Apaixonada pelo novo, livros, fotografia, música e arte. LOUCA por viagens!

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.