Quais remédios levar em uma viagem?

Viajar é o melhor remédio no entanto não dá pra viajar sem aquela farmacinha básica a tira colo, afinal nunca sabemos quando vamos precisar usar os remédios em viagem não é? E como eu sempre digo: O seguro morreu de velho, rs. Então quer saber quais os remédios essenciais para se levar em uma viagem?

Remédios em viagem: Por que levar?

Mas por que levar os remédios ao invés de comprar no destino? Bom, primeiro porque com a conversão da moeda o remédio pode ficar bem mais caro se comprado direto no destino. Segundo porque alguns remédios fora do Brasil podem e, possivelmente terão nomes diferentes dos nomes que se tem por aqui. E terceiro, muitas das vezes você pode acabar correndo o risco de não encontrar o remédio desejado e/ou precisar de receita para compra-lo. Afinal, cada país tem as suas regras na hora de vender os remédios.

Consulte sempre um médico

Antes de comprar qualquer remédio na farmácia, consulte seu médico. Ele que lhe dará sempre as melhores opções.

Remédios de uso constante

Os primeiros itens da sua lista, devem ser os remédios de uso constante. Como eu tenho hipotiroidismo de Hashimoto, o primeiro remédio que entra na minha necessaire de viagem é o levoid. Porque além de ser um remédio que eu tenho que usar todos os dias, sei que dificilmente vou achar com o mesmo nome por aí.

Você deve separar primeiramente os seus remédios de uso continuo. Sejam eles: ansiolíticos, anticoncepcional, manipulados.. Faça uma lista dos essenciais e comece por eles.

Devidamente separados os essenciais, é hora de pensar nos remédios que você pode usar. Sabe como é, tudo pode acontecer numa viagem, rs.

Remédios para febre, gripe e dor de garganta

Por mais que seja horrível de se ficar doente em viagem, possivelmente isso irá acontecer. Os motivos são simples: Mudança brusca de clima, de rotina e consequentemente de alimentação. Não estou dizendo que viajando, você ficará doente eim. Apenas estou te alertando sobre uma enorme possibilidade de que isso possa acontecer. Para me prevenir eu levo:

Remédio de gripe para  levantar defunto –  Geralmente pego esses anti-gripais que tem para o dia e para a noite. Que dai é tiro e queda, rs. Não tenho um preferido, vou na farmácia e escolho de acordo com os benefícios, incluindo o custo, rs.

febre – Geralmente levo na necessaire o novalgina, prefiro o em comprimidos, mas também tem o em gotas.

Um spray e pastilhas para passar a dor de garganta – Eu geralmente levo spray Hexomedine e pastilhas Strepsils. Ah, como extra levo extrato de própolis e flocos de gengibre. Que pra mim são os melhores e aliviam a dor na hora!

Anti-inflamatório – Para as dores de garganta das brabas, mas aí entra na categoria de remédio que precisa de receita. Sempre bom consultar seu otorrino antes e já passar na farmácia antes da viagem. Eu nunca viajo sem consultar o meu 😀

Remédios para ressaca, dor de cabeça, azia e má digestão

Que atire a primeira pedra alguém que nunca ficou de ressaca, quiçá numa viagem, rs. Para aliviar os sintomas de ressaca o bom mesmo era um chá de boldo bem quente, mas como nem sempre isso é possível, eu levo o bom e velho engov. Como não sou uma party person, um ou dois ta ótimo dentro da minha necessaire.

Dor de cabeça– Tylenol e ou neosaldina.

Azia e má digestão – Eno ou sonrisal.

Remédios para dores musculares, cortes e machucados

Em geral, depois de um dia todo desbravando um novo destino, sentir dor no corpo é algo muito comum. A sobrecarga por conta do esforço de caminhar bastante e se esforçar um pouco acima do que está acostumado é parte da experiência do viajante. Quando estou em casa, sempre faço uso dos naturais como bolsas de água quente, mas em viagem isso fica um pouco difícil e geralmente nosso tempo também não é lá essas coisas. Então veja a lista do que geralmente eu levo na necessaire:

Dores musculares – Geralmente levo o dorflex em spray.

Cortes e machucados – Merthiolate e o bom o velho ”band-aid”. Que aliás eu uso muito por conta dos sapatos acabarem machucando os pés.

Remédios para alergia e enjoos

Eu já tive crises de alergia umas duas vezes na vida e foi umas das piores coisas que me aconteceu. A última foi em 2013, mas eu nunca mais sai de casa seu meu anti alérgico! Então além do levoid, o que não falta na minha necessaire é o allegra.

Remédio para enjoos – Fico um tanto quanto enjoada para viajar. Seja de carro, ônibus ou mesmo avião. Então sempre levo na necessaire os dois tipos de remédios para enjoos que eu uso, sendo eles: Dramin, geralmente o mais forte, e com ele acabo dormindo horas. E o outro é o Dramin b6 que devido a sua fórmula ser um pouco mais fraca, acaba não me dando sono. Uso geralmente em estradas com muitas curvas como foi o caso do Chile e do Marrocos.

Remédios para diarreia, gases, e prisão de ventre

Remédio para diarreia – Em geral, a causa é uma alimentação diferente do que estamos habituados ou ainda, por ingerir alguma comida ou água contaminados.

Em viagem, tive uma experiência horrível de infecção alimentar saindo da Índia e indo para  Roma

Como não tinha nenhum remédio e tive que passar por um médico, pois a situação estava critica, acabei bebendo muitos “gatorades”  e muita aguá para me ajudar na reposição dos líquidos.

Mas para que você não passe por esse sufoco, é sempre bom levar remédios à base de cloridrato de loperamida.

Remédios para prisão de ventre – A prisão de ventre também pode ser um problema durante uma viagem. Com horários malucos e tanta correria nosso intestino pode sofrer as consequências. Eu levo em viagem meus lactobacilos vivos receitados pela minha médica. Por ser um produto natural e feito para mim, não faz mal, muito pelo contrário ajuda minha flora bacteriana a funcionar melhor. No entanto eu também levo o almeida prado. Claro que eu não estou te aconselhando a fazer uso desse e/ou dos outros remédios desse post! Mas eu levo como quebra-galho caso eu precise usar! Sou adepta a produtos naturais e fitoterápicos, no entanto eu levo alguns de farmácias comuns para prevenção.

E aí, pronto para fazer o seu check list da farmacinha antes do embarque?

Amanda Saueia

Brasileira. Geminiana. Contadora. Apaixonada pelo novo, livros, fotografia, música e arte. LOUCA por viagens!

Comente pelo Facebook

Comentários:

Autor: Amanda Saueia

Brasileira. Geminiana. Contadora. Apaixonada pelo novo, livros, fotografia, música e arte. LOUCA por viagens!

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.