Conheça os desertos do Marrocos!

Desertos do Marrocos? Calma! São apenas as faces do maior deserto do mundo! O deserto é sempre um chamariz quando falamos no Marrocos, e o maior deserto do mundo atravessa os países da Argélia, Egito, Marrocos, Tunísia, Saara Ocidental, Mauritânia, Mali, Nigéria, Líbia, Chade e Sudão.

O deserto do Saara faz fronteira com quase todos os países do norte da África, onde predomina a cultura árabe.

Desertos do Marrocos: Conheça as faces do Saara, o maior deserto do mundo!

Visitar o Marrocos é sinônimo de conhecer o deserto do Saara e suas mil faces. Apesar das montanhas e praias no País, o deserto continua sendo sem dúvida um dos mais requisitados pelos viajantes.

Você sabia que 3/4 do deserto são de cascalho e só o restante de areia e dunas?

Nosso retorno ao Marrocos aconteceu em janeiro de 2018 com a Siroco Tours e o nosso roteiro completo o Rodrigo já contou tudinho nesse post aqui 😀 então se você chegou agora de paraquedas não deixe de ler, eim! Rs.

Ainda está na dúvida: Qual deserto conhecer no Marrocos?

Merzouga

Partimos do Vale do Ziz, em direção a Merzouga um dos mais procurados pontos no Saara. Pelo caminho passamos por Erfoud, cujas imediações há escavações de fósseis e onde pudemos encontrar vários fósseis de espécies primitivas. Isso nos permite concluir que o solo do deserto do Saara já foi, em tempos remotos o fundo de um oceano.

Erb Chebbi

Merzouga é o nome dado para uma pequena aldeia Berbére no deserto do Saara. A aldeia é conhecida por se situar junto ao Erg Chebbi, o maior conjunto de dunas do Marrocos. Ficam a sudeste do centro de Marrocos, no deserto do Saar, perto da fronteira com a Argélia. E é exatamente por lá que acontecem as maiores atrações no deserto. Entre elas, o próprio acampamento, passeios com dromedários, circuitos 4×4, viagens em moto, banhos de areias terapêuticos e por aí vai.

Os bérberes são originários da região do norte da África, e inicialmente os bérberes viviam em tribos esparsas que cobriam uma boa parte do deserto do Saara, principalmente na região que nós costumamos chamar de Magreb.

Como nômades, eles desenvolveram com o passar do tempo a capacidade de viver no deserto, acostumando-se às limitações físicas e climáticas que só um deserto pode impor a quem o desafia. Alguns ainda vivem como nômades, outros já aderiram aos vilarejos.

Rodrigo e eu no meio do acampamento nômade berbere.

Dunas de Erg Chigaga

As dunas de Erg Chigaga são consideradas as maiores dunas em comprimento do Marrocos. Ficam a sul de Ouarzazate a 60Km da cidade de Mhamid no deserto do Saara.

Também tem acampamentos nas dunas de Erg Chigaga para quem deseja passar uma noite nesse lugar mágico.

Deserto de Ouzina

No nosso roteiro, saímos de Merzouga e partimos com destino a Ouzina. A rota que fizemos foi a famosa e antiga Rota Paris Dakar. Durante o percurso muita paisagens surreais e belíssimas.

Pausa para foto no meio da estrada

Em 1978, um ano após Thierry Sabine se perder no deserto, foi criada a primeira edição do Rali Dakar. As primeiras competições ficaram conhecidas como Paris Dakar, pois iniciava-se saindo da capital francesa e indo até o Senegal. Logo a rota se tornou a principal competição off road do mundo.

Houve diversas modificações na rota. Caminhos que levavam a Argel, Trípoli, Tunísia e para o deserto do Sahara no Marrocos.   Em 2008 devido a ameaças terroristas a rota foi cancelada. No ano seguinte a rota mudou para a América do Sul, começando em  Buenos Aires.

Pausa para o almoço no meio do deserto. O menu foi: Pizza berbere.

No caminho conhecemos os povos nômades de Khamlia, uma aldeia perdida de onde vieram o povo original de Gnawa, que foram trazidos como escravos do Sudão. E claro, o deserto de pedras. Que é uma extensão onde há uma extração de minérios. Aproveite também para conhecer e pegar algumas pedrinhas pelo chão no estilo 0800 rs.

No deserto de Ouzina, existem alguns povos nômades que vivem por lá. Aproveite para conhecer um pouco sobre o estilo de vida deles e se delicie com os maravilhosos chás marroquinos. Os marroquinos são um povo incrivelmente hospitaleiro.

Nômades bérberes no deserto do Saara.

Sahara Sky

A Siroco tours nos presenteou com um hotel maravilhoso no meio do deserto, onde pudemos aprender com cientistas e proprietários do hotel sobre a via láctea.

Este Kasbah que ficamos está ligado ao Sahara Sky e tem o primeiro observatório gastronômico privado do Marrocos. Aprender tanto com quem além de saber, tem prazer em te ensinar foi uma experiência memorável!

Deserto de Zagora

Zagora é uma cidade no sul do Marrocos, cerca de 160km a sudeste de Ouarzazate.

O deserto de Zagora é conhecido como as portas de entrada do Saara. Suas dunas são as chamadas Dunas de Tinfou.

Dunas de Tinfou

Suas dunas são pequenas, se vê muito as montanhas ao fundo e quase nada de dunas de areia. A paisagem a sua volta, faz parte do famoso vale de Draa, e parece que você está em um filme!

As dunas de Tinfou, ficam a aproximadamente 18km de Zagora, e foi essa nossa primeira experiência no deserto em 2015.

E aí, gostou de conhecer um pouco mais das mil e uma faces do Deserto?

Amanda Saueia

Brasileira. Geminiana. Contadora. Apaixonada pelo novo, livros, fotografia, música e arte. LOUCA por viagens!

Comente pelo Facebook

Comentários:

Autor: Amanda Saueia

Brasileira. Geminiana. Contadora. Apaixonada pelo novo, livros, fotografia, música e arte. LOUCA por viagens!

Deixe um comentário