O que fazer em Pelotas?

 Texto da Colaboradora – Aline Urio Zambon Padilha

Quer saber o que fazer em Pelotas? Vou te contar! Mas antes queria dividir contigo a minha primeira impressão de Pelotas:
– UAU, quanta história já passou por aqui!
Os belos casarões do centro da cidade guardam um passado luxuoso de barões, baronesas e charqueadas (fazendas produtoras de carne-seca) do século 19. E a cidade tem sua importância histórica para o desenvolvimento do estado do Rio Grande do Sul e do Brasil, com a Revolução Farroupilha e Ciclo do Charque.

O que fazer em Pelotas

Ao passear pela cidade sua memória pode te trazer a tona a sensação de já ter visto alguns daqueles lugares, isso por que, um de seus pontos turísticos, como a Charqueada São João serviram de locação para novelas, minisséries e filmes. Dentre as mais famosas, A Casa das Sete Mulheres (2003). A boa notícia é que é possível fazer uma visitação guiada pela fazenda de segunda à sábado, das 9h às 18h e aos domingos e feriados das 14h às 18h. O ingresso é adquirido no local por R$30,00.
 
Assim como qualquer cidade do interior, a praça central é um ponto de encontro de amigos, turistas e moradores. Dizem que a água do chafariz da Praça Coronel Pedro Osório, era fonte de água potável à população Pelotense no século 19.
A arquitetura realmente impressiona, e para quem tem o espírito de Amelie Poulin, é possível ficar horas contemplando os detalhes de cada construção. Obviamente, o tempo deixa suas marcas, muitas das casas já estão descuidadas, com pinturas velhas, mas mesmo assim, tem seu valor e merecem admiração.
O Theatro Guarany, construído em 1925 é mais um dos prédios imponentes da cidade que infelizmente não estão tão bem conservados, mas mesmo assim, até hoje é cenário de muitas apresentações e concertos por conta de sua glamourosa arquitetura.
Confira as programações atualizadas do teatro aqui Theater Guarany.
 
Cidade de interior que se preze sempre tem uma praça central e uma igrejinha, e com Pelotas não é diferente. Mesmo para os não católicos, a Catedral Metropolitana São Francisco de Paula vale a visita para os admiradores de templos religiosos e obras de arte.

 Praia do Laranjal

Agora, se você está um pouco cansado de fazer esses programas culturais, sugiro então que dê um pulinho na Praia do Laranjal.
Uma praia de água doce, que fica a mais ou menos 15 minutos do centro da cidade.
E ah, com belas casinhas e vários restaurantes de frente à lagoa.
Por fim, talvez a dica mais esperada desse post: vá à qualquer doceria do centro da cidade. Você não irá se arrepender!
Para você ter ideia, a fama desses doces pelotenses é tão grande que a cidade sedia inclusive a maior feira de doces do país, a Fenadoce.

Doces pra que te quero…!

Trazidas pelos imigrantes portugueses, alemães e franceses, as delícias foram aprimoradas e são encontradas em dezenas de docerias espalhadas pelo Centro (uma das mais famosas: Confeitaria Berola. Impossível não ficar com água na boca ao apreciar as vitrines repletas de pastéis de Santa Clara, bem-casados, camafeus, quindins e doces de frutas – em calda, cristalizados e em pasta. O bom é que o preço costuma ser bem bom para o tamanho dos doces, cerca de R$3,50 por unidade.
Dica importante: o inverno de Pelotas é bastante rigoroso, com temperatura que chega a ficar abaixo dos 10ºC. M
as não ache que por estarmos falando do Rio Grande do Sul, o clima será sempre frio. No verão a cidade costuma ficar muito abafada e verdadeiramente quente. Portanto, vale dar uma olhada do app de clima antes de programar sua viagem 😉

Sobre a autora e colaboradora do Blog

Aline Urio Zambon Padilha é criativa incansável na vida. Nasceu em Campo Grande, MS mas vive em São Paulo e sonha em viajar o mundo.

Quer saber mais sobre a Colaboradora?

Entre em contato pelo Facebook: Aline Urio Zambon Padilha

Blog: www.alineuz.com

Instagram: alineuz

Ou por e-mail: contato@alineuz.com

Não é caro viajar

Se você acha que neste momento viajar não está ao seu alcance, saiba que você está enganado. Vamos te ensinar a acumular milhas aéreas, aproveitar promoções de passagens aéreas, escolher a melhor opção de hospedagem e você vai ver que não é caro viajar!

Comente pelo Facebook

Comentários:

Autor: Não é caro viajar

Se você acha que neste momento viajar não está ao seu alcance, saiba que você está enganado. Vamos te ensinar a acumular milhas aéreas, aproveitar promoções de passagens aéreas, escolher a melhor opção de hospedagem e você vai ver que não é caro viajar!

Deixe um comentário