Seguro viagem é obrigatório?

Você sabia que alguns países exigem que o viajante tenha um seguro viagem para sua entrada e permanência no País? Mas seguro viagem é obrigatório? A resposta é: depende para onde você vai.

Mas, independente, fazer um seguro viagem é item essencial na vida de um viajante prevenido. E alguns países só permitem a entrada de estrangeiros se os mesmos portarem seguro viagem.

Seguro viagem é obrigatório?

Que seguro viagem é item indispensável para qualquer viajante prevenido, isso sabemos. Mas diversas nações, como por exemplo as europeias exigem que os turistas contratem esse tipo de serviço.

Veja também: 7 Erros bobos que você não sabe que está cometendo durante uma viagem!

E para te convencer ainda mais que tal dar uma olhada nesse post sobre 9 motivos para fazer um seguro viagem  ?

Mas por que fazer seguro viagem?

As férias de verão estão chegando e, com elas, muitas famílias aproveitam a folga das crianças para viajar e conhecer outros países.

No entanto, muita gente esquece de um item essencial para as viagens internacionais: O seguro de saúde. Além de garantir que toda a família tenha atendimento médico garantido, caso necessitem, há muitos países que exigem que os turistas tenham um seguro-viagem. Inclusive sob o risco de não passarem pela imigração e terem que retornar ao Brasil.

Europa

No continente europeu, todos os participantes do Tratado de Schengen exigem a contratação de um seguro com cobertura mínima de 30 mil euros.

Esse acordo assegura a livre circulação por entre esses países, como se não houvessem fronteiras. São eles: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslovênia, Eslováquia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Itália, Islândia, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Liechtenstein, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia e Suíça.

Os custos de saúde no exterior

Apesar de outros países, como os Estados Unidos ou Inglaterra, não exigirem seguro-viagem, ter esse serviço é fundamental. Pois garante que, em caso de urgências, os viajantes tenham um bom atendimento sem depender de sistemas locais, muitas vezes caros ou com gratuidade apenas para os residentes.

Uma certa vez meu irmão foi me visitar em Nova York sem seguro viagem, passou super mal, ficamos a madrugada no hospital e no fim ele teve uma dívida alta por conta de não ter feito o seguro. Depois dessa experiência ruim nunca mais viajou sem seguro viagem.

Quanto custa?

Os custos com emergências podem ser bastante expressivos em outros países. Especialmente, porque a maioria deles não possui um sistema gratuito ou disponibiliza o atendimento sem custo apenas para moradores que pagam impostos.

Para vocês terem uma ideia um atendimento simples em um pronto socorro dos Estados Unidos, por exemplo, pode representar uma despesa de até US$ 3 mil. Isso considerando apenas questões como a própria consulta e medicação. Portanto não dê bandeira e não se esqueça de fazer um seguro viagem.

Cada viagem é única, e cada uma pode ter um seguro especifico. Tem seguro de viagem para esportes radicais, para lugares um tanto quanto mais arriscados e assim sucessivamente. Se quiser saber mais sobre seguro viagem dê uma olhada em 9 motivos para fazer um seguro viagem!

Amanda Saueia

Brasileira. Geminiana. Contadora. Apaixonada pelo novo, livros, fotografia, música e arte. LOUCA por viagens!

Comente pelo Facebook

Comentários:

Autor: Amanda Saueia

Brasileira. Geminiana. Contadora. Apaixonada pelo novo, livros, fotografia, música e arte. LOUCA por viagens!

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.