Trabalhando na Disney

O treinamento começa logo na primeira semana. Os primeiros dias são gastos na Disney University, que é uma escola onde aprendemos o básico sobre a empresa, seus valores, nossas funções enquanto cast members e todo o resto. Essa parte é fantástica, e aqui já dá pra ter um gostinho do quão maravilhosa será a experiência toda.

Logo no primeiro dia, existe o Traditions, que é uma espécie de cerimônia ou rito de passagem, em que tudo é apresentado a você (a empresa, seus ideais, e tudo que há por trás da mágica Disney).

Primeira semana de aula na Disney University.

Não vou dar maiores detalhes para não estragar a experiência de cada um, mas estou certo de que irão gostar muito do Traditions! Ao final do primeiro dia, você descobre onde e com quê irá trabalhar (você descobre sua função antes de embarcar, quando recebe a proposta; mas detalhes específicos só são transmitidos a você no dia do Traditions).

Disney Springs

Fui selecionado para realizar a função de Merchandising no Disney Springs (antigo Downtown Disney). Tenha em mente que, apesar de você poder dizer, durante a entrevista, se possui alguma preferência de local onde trabalhar, quem possui a decisão final e imutável é a Disney. É possível ser selecionado para qualquer um dos parques ou, inclusive, resorts do complexo.

Eu e minha amiga Sarah, durante o break, na World of Disney.

Wod Squad

Tive a imensa sorte de me juntar ao time da maior loja da Disney do mundo inteiro: a World of Disney. Uma loja imensa e mágica, toda tematizada com todos os personagens e estórias Disney que tanto povoaram a infância de cada um. Lá, fui treinado por excelentes profissionais e tive o prazer de compor um time de pessoas maravilhosas vindas de vários lugares do mundo.

Parte do time de cast members da World of Disney.

Trabalhar na WOD não era para qualquer um! Por ser uma loja gigantesca, tínhamos de estar o tempo todo atentos e eram raros os momentos de descanso, haja vista que a loja sempre estava movimentada! Claro que nem tudo são flores. A Disney é uma corporação, e como toda corporação capitalista, um de seus objetivos principais é o lucro; portanto prepare-se para longas jornadas de trabalho e para levar uma bronquinha vez ou outra de algum superior.

Eu e uma de minhas treinadoras, a querida Wanda.

No geral, porém, a experiência foi extremamente positiva. O time da World of Disney (também chamados de WOD Squad hehe) era muito unido e amigável. As pessoas se ajudavam muito sempre que podiam. Lá era nossa segunda casa, por isso não era incomum ver laços de amizade e irmandade serem formados a todo tempo. Eu mesmo tive a sorte imensa de trabalhar diretamente com pessoas incríveis; pessoas que viriam a se tornar amigos inestimáveis, mesmo após o término do programa.

Brazilian Team da WOD!

A Disney

Eu e Santa Goofy, durante o Minnie’s Holiday Dine.

Como era minha primeira vez visitando a terra do Mickey, passei a maior parte do meu tempo livre explorando todo o complexo. Visitei (exaustivamente) os parques, os resorts, os restaurantes. Aproveitei o descontão e gastei tudo o que podia (e o que não podia também!) comprando tudo que minha criança interior sempre quis possuir e nunca pôde. Conheci (quase) tudo que queria conhecer e posso dizer que, sem sombra de dúvidas, valeu MUITO a pena!

Tendo minha própria Tea Party com Alice e o Chapeleiro louco, no dia do meu (des)aniversário.

O complexo é incrível. O serviço oferecido aos guests é impecável, as pessoas são competentes e simpáticas e não existe limite que não se ultrapasse quando se trata de resolver problemas e tornar a experiência de um guest a melhor possível. Posso dizer que o pior ponto do intercâmbio foi ele ter sido tão curto, pois gostaria de ter tido mais tempo para poder aproveitar tudo!

Fingindo desinteresse na Everest, com minha amiga Della.

Ao fim do programa, existe uma cerimônia de graduação, em que recebemos um certificado por ter completado nosso tempo e em que se celebra tudo que lá vivemos. Não é incomum ver várias lágrimas rolando nesse dia, já que as pessoas estão se despedindo de um momento tão especial em suas vidas.

Eu e minha amiga Pat, no dia da Graduation.

O sentimento que fica, porém, é o de dever cumprido. Dever cumprido e aquela sensação enorme de pertencimento e bem-estar. Prepare-se para levar a Disney consigo pelo resto de suas vidas! Estou certo de que as memórias criadas durante o programa irão resistir às várias armadilhas do tempo, assim como todas as conexões feitas pela Terra da Magia. É isso! Espero ter conseguido expressar ao menos um pouquinho o quão mágica foi essa experiência para mim. Para informações mais detalhadas sobre o programa, não deixem de acessar o site da STB.

Com o chefe e a patroa, na cerimônia de Graduation.
Dando uma volta pelo Epcot com minha amiga Katie.

Sobre o autor e colaborador do Blog

Renan Saueia é advogado pela UFRJ. Sagitariano. Writer wannabe. Amante de vinhos, jogos, livros e viagens. Apaixonado por sair de sua zona de conforto.

Quer saber mais sobre o Colaborador?

Entre em contato pelo Facebook: Renan Saueia

Instagram: renansaueia

Ou por e-mail: renansaueia@gmail.com

Quer saber mais sobre a Disney?

Quer saber mais sobre a Disney e todo o processo para se trabalhar na maior empresa de entretenimento do mundo? Veja os postes anteriores nos links abaixo!

Intercâmbio na Disney – Processo Seletivo

Intercâmbio na Disney – A (não tão) doce espera.

Não é caro viajar

Se você acha que neste momento viajar não está ao seu alcance, saiba que você está enganado. Vamos te ensinar a acumular milhas aéreas, aproveitar promoções de passagens aéreas, escolher a melhor opção de hospedagem e você vai ver que não é caro viajar!

Comente pelo Facebook

Comentários:

Autor: Não é caro viajar

Se você acha que neste momento viajar não está ao seu alcance, saiba que você está enganado. Vamos te ensinar a acumular milhas aéreas, aproveitar promoções de passagens aéreas, escolher a melhor opção de hospedagem e você vai ver que não é caro viajar!

Deixe um comentário