Fernando de Noronha – Guia Rápido

Fernando de Noronha – Por Lícia Mangiavacchi

Quando a gente pensa em viajar para Fernando de Noronha o que vem à cabeça? Aaaah, deve ser tudo muito caro! É, bom devo dizer que não é barato… mas também não é o fim do mundo…rs! Quer saber mais sobre o paraíso? Vem ler esse guia rápido de Fernando de Noronha!

Quando resolvi passar as férias em Fernando de Noronha, comecei a pesquisar os preços das passagens. Esperei baixar e baixou de R$ 1.600,00 para R$1.400,00 saindo de São Paulo.
Decidi ficar sete dias lá, o que é muito se comparar com a maioria das pessoas que ficam uns 3, ou 4 dias.

Veja também: Como viajar barato para Fernando de Noronha: Guia completo

 Planejando a viagem

Achei um hotel que saiu R$ 927,50 por sete diárias. Ele é simples mas tem três camas, ar condicionado, wifi, TV e um bom banheiro. O hotel fica super bem localizado. Em frente, tem um ponto de ônibus e o transporte te leva pra qualquer lugar da ilha. De lá, dá para ir a pé pra praia do Porto, praia da Conceição e praia do Cachorro e pro centrinho onde tem restaurantes e lojinhas.

A diária não inclui café da manhã. Só que no hotel tem uma cozinha com tudo o que a gente precisa pra se virar: Sanduicheira, cafeteira, torradeira e também tinha: Sucrilhos, granola, pó de café… Ou seja, quase tudo! Só faltou leite, pão, manteiga e frios. Mas isso a gente levou.

Como eu já sabia que fazer compras no mercado de lá era caro, tudo o que podia levar na mala (e coube) levei! Pão de forma, leite, atum e maionese pra fazer patê de atum, bolacha, chocolate e até uma garrafa de água. Com isso evitei muitos gastos com comida e pude fazer mais passeios!

Taxas

Para se entrar em Noronha, você precisa pagar uma taxa de permanência na ilha. Esse valor varia de acordo com o número de dias que você vai ficar em Noronha. Eu paguei para ficar sete dias o valor de R$ 437,19.  Para você ter uma noção de quanto vai gastar nessa taxa de permanência dá uma olhadinha aqui.

Além disso também tem que pagar a taxa de entrada do Parque Nacional Marinho, que garante acesso à maioria das praias e passeios protegidos pelo governo. A taxa custa R$ 99,00 para brasileiros e dura 10 dias.

Você consegue pagar as taxas de Noronha pela internet, ou lá na Ilha mesmo. Se você quiser ler o guia completo sobre Noronha, clica abaixo:

Como viajar barato para Fernando de Noronha: Guia completo

Guia rápido de Fernando de Noronha – Gastos por dia

Pra você ter uma ideia dos meus gastos na Ilha, fiz uma lista de gastos por dia. Aí vai:

Primeiro dia:
Bar do meio / praia da Conceição/ Por do sol
Heiniken: R$ 15,00 cada
Lanchonete da Val: cachorro-quente + coca cola: R$ 16,00

Segundo dia:
Praia do Boldró
Onibus: R$ 10,00 (ida e volta)
Restaurante do Pico: Ceviche + coca cola: 63,00

Terceiro dia:
Praia do Sancho (Parque Nacional), considerada a mais linda do mundo!
R$ 10,00 (ida e volta)
Lanchonete da Val: X-bacon + coca cola: R$ 32,00

Quarto dia:
Buggy: R$ 150,00 diária
Guia Sueste: R$ 60,00
Colete salva vidas: R$ 7,00
Água 5 litros, comprei no mercado: R$ 14,90
Copo com desenho de peixes: R$ 20,00
Jantar na pousada do Vale: R$ 55,00

Quinto dia:
Passeio Trovão dos Mares saindo às 8h30: R$ 250,00 (com almoço delicioso incluso)
Plana sub: 50,00
Museu do tubarão: de graça
Por do sol igrejinha: de graça
Lanchonete da Val: cachorro-quente + coca cola: R$ 16,00

Sexto dia:
Trilha Atalaia Longa: R$ 130,00
Jantar Zé Maria: R$ 230,00 por pessoa, e com tudo liberado!

Sétimo dia:
Trilha São José: R$ 100,00

Oitavo dia:
Canoa havaiana: R$ 100,00
Ônibus: R$ 10,00

Compras adicionais:
Canga: R$ 30,00
Blusinha de turista: R$ 15,00
Ímã de geladeira: R$ 10,00
Chaveiro golfinhos: R$ 18,00
Blusa pra criança: R$ 15,00

Valeu a pena?

Em todos esses dias fui a praias espetaculares. Nadei com tartarugas pequenas e também gigantes! Nadei com tubarões e vi seus filhotes. Vi polvo, peixes de todos os tipos e cores, lagosta, arraia, golfinhos, moreia… Paisagens de tirar o fôlego!!

Só paguei o guia na praia do Sueste porque ele nos leva lá no fuuuundo onde se vê as tartarugas gigantes e tubarão. Como dizem que lá tem muitos tubarões, é mais seguro ir com o guia.

Pra economizar, também comprei meu kit snorkel e nadadeira e levei na mala! Assim não tive que ficar alugando todos os dias.

Optei por não fazer o mergulho com o cilindro e não me arrependi. Com o snorkel vi muita vida marinha, muita!!

E olha que não fiquei um dia sem fazer nada! Em todos os dias fiz passeios e gastei!! Se organizar e pesquisar direitinho, dá pra viajar pra Noronha SIM!!

Quer saber tudo sobre Noronha?

Quer saber tudo sobre Noronha? Passeios, mergulho, gastos e praias?! Temos uma lista completa aqui no blog, vem ver!!!

Como viajar barato para Fernando de Noronha: Guia completo

Como economizar em uma viagem para Fernando de Noronha

Como é mergulhar em Fernando de Noronha

Tudo sobre Fernando de Noronha – Parte 1

Fernando de Noronha: Parte 2 – ILHA TOUR

Fernando de Noronha: Parte 3 – Passeios e Praias Urbanas

Sobre a autora e colaboradora do Blog

Lícia Mangiavacchi é jornalista, trabalha na EPTV – Afiliada da TV Globo, em Campinas – São Paulo.

Quer saber mais sobre a Lícia?

Entre em contato pelo Facebook: Lícia Mangiavacchi

Instagram: licia_mangiavacchi

ou por e-mail: liciacarol@hotmail.com

Não é caro viajar

Se você acha que neste momento viajar não está ao seu alcance, saiba que você está enganado. Vamos te ensinar a acumular milhas aéreas, aproveitar promoções de passagens aéreas, escolher a melhor opção de hospedagem e você vai ver que não é caro viajar!

Comente pelo Facebook

Comentários:

Autor: Não é caro viajar

Se você acha que neste momento viajar não está ao seu alcance, saiba que você está enganado. Vamos te ensinar a acumular milhas aéreas, aproveitar promoções de passagens aéreas, escolher a melhor opção de hospedagem e você vai ver que não é caro viajar!

Deixe um comentário