10 motivos para você conhecer a Índia!

Você provavelmente deve estar se perguntando “Mas por que cargas d’agua eu devo trocar minhas férias em alguma praia paradisíaca ou mesmo num mochilão para a Europa para conhecer a Índia?” Acredite, eu vou te dar motivos para uma boa troca!

Há dois tipos de pensamentos quando pisamos na Terra de Gandhi: Amor à primeira vista ou vontade de sair correndo. Se você chegou até aqui, e a segunda opção é a que prevalece, espera.. você vai mudar de ideia, juro! Palavra de quem chegou e teve o segundo sentimento!

1- Não é caro viajar para a Índia

A moeda indiana é bem mais fraca comparado com o real. Portanto você terá gastos menores durante sua viagem. Isso significa que: os hotéis serão mais baratos, pra você ter uma ideia as diárias começam em torno de R$ 30,00! As comidas também são mais baratas, lanches no mc donalds mesmo começam em R$ 1,50. Assim como os bazares, roupas, temperos.. e se você pechinchar é capaz de voltar com a Índia inteira na mochila!

2- Diversos tipos de bazar

Se você é do tipo de viajante que adora uma feira, e sai por ai batendo perna procurando coisas diferentes pra trazer na sua mala de volta, você tá no lugar certo! Na Índia, há diversas feiras a céu aberto, bazares e muita, muita cor pra você decidir o que comprar! Atenção: Não se esqueça nunca de pechinchar ao máximo! Os indianos não ficarão ofendidos, muito pelo contrário, eles estão mais do que acostumados com essa arte.

Estávamos tentando escolher nossa roupa indiana, rs.

3- Diferença Cultural

Estamos falando de uma cultura milenar e muito, mais muito diferente da nossa! Portanto, viaje sem preconceitos! Deixe todos eles de lado e absorva tudo o que puder dessa cultura milenar. Você vai voltar com a sensação de ter sido virado do avesso após essa imersão cultural. Alguma coisa vai acabar te tocando por lá, acredite!

4 – Templos Sagrados

A gente acha que na Índia só tem hinduístas e os seus famosos templos hindus. Claro que em sua maior parte, é isso mesmo. É verdade que mais de 70% dos indianos pertencem a religião Hindu, no entanto há diversos outras religiões na Índia, como por exemplo o sikhismo, islamismo, budismo,  e até o cristianismo esta presente na lista. Os templos são coloridos, brancos com dourado, ou mesmo com muito mármore e ouro. Em alguns o silêncio impera, em outros as canções não param. Em muitos servem comida a quem ali estiver e/ou precisar. Mas o que não falta em nenhum deles é a paz. Aliás, isso é uma das coisas que eu mais achei bonito na Índia. Apesar de religiões tão diferentes, eles se respeitam entre si, coisa que aqui no Brasil.. bom melhor voltarmos ao assunto do post, não é?!

Templo de Lótus foi um dos que mais gostamos por lá!
Rodrigo no templo dos macacos em Jaipur.

5 – Chás e especiarias

Pra quem gosta de chás como eu, pode se jogar! Além dos diferentes tipos de chás que são encontrados facilmente no País, temos também diversos tipos de temperos e especiarias! Só fica atento com o que vai comprar, afinal temos aquela regrinha no Brasil de só entrar com produtos industrializados. Já pra quem é da turma do café, não trago boas novas. Apesar de não entender quase nada disso, os meninos me disseram que acharam o café bem ralo, até aguado como a gente diz por aqui. E ah, eles também não tem café expresso!

6 – Gastronomia

Que a Índia é um pais vegetariano, acho que a maioria sabe, certo? Por lá a vaca é sagrada, então aproveite para descobrir outros sabores, cores e aromas. Eu me joguei nos cogumelos! Para quem ama curry não se preocupa, ele vai estar presente em quase toda a gastronomia. Se você já não é muito fã, creio que suas opções irão diminuir drasticamente, já que em quase tudo ele é usado. Mas muitas vezes eles utilizam um tempero especial feito lá mesmo chamado masala. A masala é a mistura de anis, cardamomo, canela, cravo, noz moscada, gengibre e pimenta-do-reino, ou mesmo outras especiarias para incrementar essa base ai!

Nosso almoço diario na Índia. O famoso Mushroom Matar.

E ah, lembre-se sempre de pedir ”No spicy, please” – Sem pimenta, por favor! Acredite, se você esquecer vai lembrar de mim já na primeira garfada! Porque como eu já te contei, se não usam o curry, eles usam a masala, que tem pimenta na sua composição. Ou acabam usando os dois mesmo! E nem adianta me dizer que você gosta de pimenta, eu também amo, rs! O problema é que o paladar dos indianos para saborear uma pimenta, não é desse mundo não!

7 – Yoga

Para quem já pratica ou mesmo quer começar, você vai tá no lugar certo! Há diversos lugares, aulas e ashrams exclusivos para os praticantes da yoga. Se você tiver tempo, ou mesmo quiser conhecer não irá se arrepender!

8 – Tuk Tuk

Se eu pudesse traria na mala um desses! Além de ser uma delicia andar com o ventinho batendo no rosto e com uma certa ”segurança” superior a quem anda de moto, ele é barato e consegue circular por todas as ruas do País. De quebra, por ser aberto, você ainda consegue tirar umas fotos bem legais enquanto está de bobeira no trânsito. Além da versão motorizada que lembra um pouco um triciclo comum, ainda tem a versão bike, mais conhecida como rickshaw.

Rodrigo pilotando nosso rickshaw

9 – Viagens de trem

Já que estamos falando em meios de transporte e, se tudo o que você mais quer é fazer um mochilão de trem pelo País, você pode aproveitar mais dessa opção na Índia! Sugiro que você tente comprar passagens antecipadas pela internet, e claro chegue cedo na estação. Eles costumam vender um pouco além do que é permitido e você não quer ter que fazer a viagem toda em pé, certo? Existem opções de primeira classe também, mas o valor vai depender de onde e para onde você vai. Portanto fique sempre de olho pra ver se vai compensar essa viagem! Mas se a vontade é mais andar de trem mesmo, não importando muito o preço que vai ser pago, se joga! Afinal, você vai estar andando em um dos meios de transportes mais utilizados pelos indianos!

10- Bagunça organizada

Sim, é bem bagunçado mas tem uma certa organização! Claro que você vai dividir a rua com cachorros, vacas, pedestres, rickshaw, tuk tuk, buzinas, elefantes e tudo o mais que você (tem?) direito! No começo pode parecer estranho mas, é assim mesmo e logo, logo você vai se acostumar!

Os meninos tentando tirar uma fotinha com o Water Palace.
Flores para os Deuses do hinduísmo: Sheva, Brahma e Vishnu em Old Délhi.

No fim de sua viagem, você vai ficar bem nostálgico e muito mais do que sua bagagem em si, sua bagagem cultural vai aumentar e muito! Portanto, aproveite porque o tempo passa voando, e conheça de braços abertos esse País fascinante e exótico chamado Índia!

E você já foi ou pretende ir para a Índia? Me conta nos comentários! E se você quiser saber mais da nossa estada nas Terras de Gandhi, vou deixar os links aqui embaixo:

Tudo o que você precisa saber antes de viajar para a Índia

O que fazer em Nova Délhi?

Agra: Conhecendo o Taj Mahal

Pushkar: Conhecendo a cidade sagrada da Índia.

Jaipur: Roteiro de 2 dias na cidade rosa

Como funciona o sistema de castas na Índia?

5 golpes aplicados em turistas na Índia

Amanda Saueia

Brasileira. Geminiana. Contadora. Apaixonada pelo novo, livros, fotografia, música e arte. LOUCA por viagens!

Comente pelo Facebook

Comentários:

Autor: Amanda Saueia

Brasileira. Geminiana. Contadora. Apaixonada pelo novo, livros, fotografia, música e arte. LOUCA por viagens!

Deixe um comentário