Sistema de castas na Índia: Como funciona?

A primeira vez que eu ouvi falar no sistema de castas, fiquei um pouco chocada. Para nós que vivemos em um sistema em que pessoas podem ascender em termos econômicos e sociais há uma certa estranheza no assunto.

Os parâmetros que definem a posição que cada indivíduo ocupa na sociedade indiana está muito enraizado na cultura do País e isso vem de muito tempo. E saciar essa curiosidade perguntando a um indiano é indelicado e considerado tabu pela maioria deles.

O que são as castas?

No sentido mais amplo da palavra, casta é o sistema de grupo social de caráter hereditário, ou seja, são as classes sociais em que a sociedade indiana se divide. Não se muda de uma casta para outra. E cada posição é determinado por fatores ligados a religião e, ou hereditariedade.

O regime de castas perdura na Índia há mais de 2.600 anos. Sua origem ocorreu com a religião Hindu, e embora abolida pelo governo em 1947 ainda é permanente, já que os hinduístas acreditam que a mudança de uma casta para outra é desrespeitoso.

As castas são divididas em quatro grandes grupos, sendo eles: Brahmin, Kshatriya, Vaishya, Shudra e ainda temos os famosos Dalits que são os intocáveis.

Os quatro grandes grupos

Brahmin é a casta mais alta, eles acreditam serem próximos dos deuses, já que para os hinduístas, os mesmos foram criados à partir da cabeça de Brahma, o Deus da criação. Nesta casta, estão os sacerdotes, professores e filósofos.

Kshatriya logo abaixo da primeira casta, estão os guerreiros, militares e integrantes da administração. Eles acreditam terem sido criados à partir dos braços de Brahma.

Vaishya são os que acreditam terem sido criados a partir das pernas do Deus Brahma. São eles os comerciantes e agricultores.

Shudra São os que estão portanto na última casta, nascidos a partir dos pés de Brahma, sendo eles artesões, camponeses e operários.

Dalits: Os intocáveis

A origem dos Dalits é a menos nobre, na verdade eles nem se encontram na pirâmide de castas indianas, porque não fazem parte do sistema de Castas. Os indianos acreditam que os dalits foram criados a partir da poeira em que Deus Brahma pisou.

Excluídos da sociedade, eles são tratados como párias e realizam os trabalhos considerados despresíveis para a sociedade como: limpeza de esgotos, recolhimento de lixos ou cadáveres.

A palavra intocável não está mais em uso na Índia. Sendo considerada politicamente incorreta! Portanto não utilize em sua viagem por lá. Hoje, eles utilizam apenas a palavra dalit.

Considerados impuros pela sociedade indiana, os dalits vivem em um sistema mega opressivo, não podem se sentar a mesa com pessoas de outras castas, e muito menos usar dos mesmos utensílios de cozinha como talheres e copos.

Ainda existe?

Em casas indianas mais conservadoras eles tem entrada separados, onde eles só chegam na área do banheiro e coletagem de lixo, sendo proibidos de ultrapassarem os limites dali.. em pleno século 21 saber que ainda existe esse tipo de segregação digna de um apartheid me choca e muito!

No entanto como o sistema de segregação é hoje cultural e não mais oficial, alguns dalits conseguiram/ou conseguem escapar do seu destino original e ascender socialmente. E por mais que, um dalit consiga escapar de sua sina, ainda é um tabu o casamento de um deles com uma pessoa de outra casta.

Apesar da luta, não é nada fácil enfrentar todo um sistema que, por mais que não seja oficial deixou e ainda deixa tantas consequências para os indianos.

Abolição do sistema de castas

Em 1947 a instituição proibiu discriminalização com base em raça, castas, sexo, e religião de um ser humano. No entanto, como vocês podem imaginar o sistema ainda continua forte culturalmente.

E apesar da proibição, elas ainda fazem parte da vida dos indianos na prática, não esquecendo que todo o sistema é Tabu e eles não conversam muito a respeito, principalmente com turistas.

A gente até tentou conversar sobre o assunto com o nosso guia/motorista, no entanto ele foi firme ao dizer que isso não existia mais.

Os casamentos e as castas

E em relação aos casamentos, o sistema embora cultural permanece forte. A maioria  dos casamentos realizados ainda são escolhidos pelos pais e, é claro da mesma casta. Continua sendo uma raridade casamentos inter-castas no País.

A porcentagem que foge a regra é muito pequena, chegando até ser simbólica na maioria das cidades indianas. E por mais que o governo incentive o casamento inter-castas, o seu crescimento é ainda muito pequeno.

Apesar do progresso, ainda existe um longo caminho a percorrer, e tomara que o avanço seja cada vez maior! E vocês já conheciam o sistema de castas na Índia?

Amanda Saueia

Brasileira. Geminiana. Contadora. Apaixonada pelo novo, livros, fotografia, música e arte. LOUCA por viagens!

Comente pelo Facebook

Comentários:

Autor: Amanda Saueia

Brasileira. Geminiana. Contadora. Apaixonada pelo novo, livros, fotografia, música e arte. LOUCA por viagens!

Deixe um comentário