Turquia: Roteiro econômico na Capadócia em 2 dias

Quando definimos que visitaríamos a Turquia, uma coisa era certa, Capadócia ou Kapadokya, não poderia faltar e estávamos certos, pois só nos deixou aquele gostinho de quero mais.

Antes de mais nada, é importante saber que a capadócia é uma região, ou seja, não é uma cidade ao lado de Istambul, como a novela da rede Globo “Salve Jorge” nos fez acreditar.

Como chegar?

Inúmeras são as formas de chegar a Capadócia partindo de Istambul, sendo elas: Carro, transfer, ônibus ou avião. Optamos por ir de avião, primeiro porque a passagem estava baratíssima e segundo, pela questão de tempo, já que estávamos com o roteiro apertado na Turquia.

Diversas  companhias operam voos para as duas principais cidades com aeroportos na região da Capadócia: Nevşehir e Kayseri. Os voos duram cerca de 1h e 30 minutos.

Pagamos R$120,67 nas passagens de ida e volta pela Turkish Airlines, partindo de Istambul a Nevşehir.

Como nos hospedamos em Göreme, contratamos um transfer que nos levaria até lá, já que o percurso leva mais ou menos 1 hora.

Como organizei nosso roteiro?

Pesquisei muito sobre a Capadócia e em como otimizar o tempo, pois a viagem seria bem corrida. Chegamos a noite do dia 02/12, tendo os dias 03/12 e 04/12 inteiros para passeios, quando então partiríamos a noite. Ou seja, tínhamos 2 noites e 2 dias inteiros para aproveitar ao máximo a região da Capadócia.

Após muitas pesquisas, estruturei o que achava indispensável e consegui, após muita negociação, fechar todo o pacote com uma agência só: a Nese Tour.

O serviço contratado foi o seguinte:

  • Transfers de/para Göreme/Aeroporto Passeio de balão
  • Red Tour (região norte da Capadócia)
  • Green Tour
  • Banho turco

Tudo isso custou apenas 208 Euros! Foi o equivalente a R$711,36. Barato, não? O passeio de balão foi a atividade mais cara do pacote, que correspondeu a 110 Euros do valor total.

Capadócia: O hotel-caverna

Escolhemos o Hidden Cave Hotel para nos hospedar e não poderíamos ter feito melhor! Pela hospedagem com café para duas noites, o valor foi de 162 Euros, em uma suite para até 4 pessoas. Como estávamos em 3 pessoas, ficou 54 Euros pra cada um, e custou o equivalente a R$ 184,68 para cada.

E o roteiro?

Chegamos a noite em Göreme, deixamos nossas coisas no hotel e fomos dar uma voltinha na “cidade” para comer. Estava muuuuuuuuuuito frio, pois estava nevando e ventando.

Veja também: Stopover: Conheça mais de um destino comprando apenas uma passagem!

Dia 1: Passeio de balão + Red Tour

Para esse dia, estava agendado o passeio de balão, porém, devido a condições climáticas nosso passeio foi remanejado para o dia seguinte. A experiência eu conto aqui.

Então nesse dia fizemos o Red Tour (região norte da Capadócia).

O passeio basicamente consistia em visitar Göreme Open Air Museum, onde haviam milhares de igrejas de cavernas bizantinas, consideradas umas das mais importantes do mundo, sendo Património Mundial da UNESCO. A parada seguinte foi em Çavuşin Old greek village,  visitando casas antigas, indo até  Pashabagi também chamado de Vale dos Monges. Seguimos até Devrent Valley, que tinha uma paisagem linda.

Almoçamos (estava incluso no pacote) e depois fomos até Avanos que é a cidade de arte da cerâmica. Visitamos uma fábrica/loja de cerâmicas chamada Guray Seramik.

Nota importantíssima: Eu já tinha lido em outros blogs que essa parada estratégica na loja de cerâmicas era uma pegadinha e mesmo assim nós caímos 🙁 eles contam a história da cerâmica, te envolvem e ao final, te apresentam peças caríssimas! Lógico que recusamos, quando então fomos levados para a parte “promocional”… Bom, promoção já mexe com o nosso psicológico né? rs Ou seja, compramos algumas peças de cerâmicas que estavam “em promoção” que no fim custavam, SEM EXAGERO, 10 vezes mais caro do que nas lojas próximas ao nosso hotel. Fora de brincadeira, para você ter uma idé ia, pagamos 100 Liras Turcas em uma saladeira que era facilmente encontrada por 20 Liras Turcas na cidade. A MESMA SALADEIRA.

Voltando ao passeio… seguimos rumo a Urgüp, para avistar Fairy Chimneys (chaminés das fadas) e depois ainda teve uma degustação de vinho. 😀 Ao final do passeio, fomos para Uchisar Castle, que é o ponto mais alto da Capadócia. Retornamos ao hotel, saímos pra jantar e andar pela cidade.

Dia 2: Passeio de balão (!!!) + Green Tour

Madrugamos e fizemos o passeio de balão. A experiência eu conto aqui.

Depois fizemos o Green Tour (região sul).

O dia começou com uma parada em Göreme Panorama, para ter uma vista completa da região de Göreme, das chaminés das fadas e das formações rochosas. Após seguimos para a cidade subterrânea de Derinkuyu. Ela tem 55 metros de profundidade 8 níveis (andares) abertos aos visitantes.

IMPORTANTE: Quem tem claustrofobia, detesta lugares apertados, cavernas e lugares escuros, fuja! A Amanda não conseguiu concluir o passeio. Eu fiquei bem tenso, mas fui até o final, afinal minha curiosidade naquele momento foi maior que o medo de passar mal.

Depois de quase 1 hora nessa cidade subterrânea, fomos para Ihlara Valley, que tem 16 km de canyon com ambos os lados alinhados com pedras esculpidas e igrejas. Fizemos uma caminhada e conhecemos uma das igrejas nas cavernas. Almoçamos (estava incluso) em um restaurante que ficava ao lado de um rio. Não vi graça nenhuma. Depois do almoço, seguimos rumo ao Mosteiro de Selime, que é demais! A última parada do dia foi em Pigeon Valley.

Retornamos a agência (pois já havíamos feito o check out no hotel) e depois fomos levados para o banho turco… Nossa, indescritível a experiência! Se tiver a oportunidade, faça!

Depois de dois dias suuuuuuuuuuper longos, retornamos a Istambul, desejando ficar ainda mais alguns dias na Capadócia.

**Post atualizado em 23/08/2017.

Rodrigo Coelho

Advogado.
Apaixonado por culturas, cheiros e sabores diferentes.
Viajante compulsivo.

Comente pelo Facebook

Comentários:

Autor: Rodrigo Coelho

Advogado.
Apaixonado por culturas, cheiros e sabores diferentes.
Viajante compulsivo.

Deixe um comentário