O que fazer em Buenos Aires – Parte 3

O dia amanheceu chuvoso por aqui. Mas logo a chuva deu uma trégua e conseguimos sair de casa. Pegamos o metrô até o bairro da Recoleta. O bairro é super charmoso e é onde tem o cemitério em que está enterrada a Evita Perón, e algumas outras personalidades da Argentina.

Cemitério da Recoleta

Esse passeio em Buenos Aires, é mega clichê eu sei. Mas queríamos muito dar uma olhada no cemitério, em que tanta gente quando vem à Buenos Aires decide conhecer. Honestamente falando, eu não tenho uma opinião formada sobre isso. Ficamos muito pouco por lá, afinal não há muito o que fazer. Eu senti uma energia bem pesada, afinal, é um cemitério. Não voltaria, e acredito que não recomendaria. Não tirei nenhuma foto, achei um pouco desrespeitoso inclusive até, pensar no assunto. Embora tivesse reparado que algumas pessoas tiraram fotos por lá.

O cemitério fica bem perto de uma sorveteria Freddo. Acredito que eu ainda não tenha te falado sobre isto, certo? Por favor, vá! Eu sei, temos algumas no Brasil. Mas juro, é diferente. Mesmo as pessoas me dizendo que franquia é tudo a mesma coisa (e eu acredito, já que eles tem que seguir um padrão) mas as da capital argentina são diferentes. Talvez seja pelo incrível doce de leite deles por lá, não sei ao certo.

Energia recarregada após breve momento em uma sorveteria Freddo, seguimos para o Palais de Glace, localizado também no bairro da Recoleta.

No caminho no entanto, resolvemos esticar um pouco e tirar umas fotos na Floralis Generica.

Jardim Japonês

O Sol apareceu depois de algumas horas, então porque não aproveitar e conhecer o jardim japonês? Foi isso mesmo que fizemos. Para se entrar no jardim, você paga uma taxa de 70 pesos argentinos, mais ou menos uns R$20,00. Vale super a pena, o jardim é lindo, rendeu várias fotos e é super bem cuidado.

Gastos na Argentina

Anexando minha planilha do excel por aqui, brincadeira 😀 Segue a lista dos valores que gastamos durante essa semana em Buenos Aires.

Apartamento por pessoa – R$ 316,60

Transfers aero-apartamento e apartamento-aero- por pessoa R$ 72,00

Mercado por pessoa – R$ 35,21

Almoços fora do apartamento (média por pessoa) – R$ 180,00

Gastos extras pessoal (vinhos, imãs, alfajor, doce de leite…) – R$ 110,00

Passagens foram emitidas por milhas.

E ai, o que vocês acharam? Alguém por aí já foi em algum desses lugares e quer compartilhar conosco? Se você deseja ver os outros postes sobre a Argentina, os links estão aqui embaixo. Um beijo e até o próximo post.

O que fazer em Buenos Aires – Parte 2

O que fazer em Buenos Aires – Parte 1

É caro viajar para Buenos Aires?

Escolhendo sua casa de tango em Buenos Aires

O que é câmbio paralelo e como encontrá-lo em Buenos Aires?

Parque de La Costa – Vale a Pena?

**Post Atualizado em 23 de Agosto de 2017.

Amanda Saueia

Brasileira. Geminiana. Contadora. Apaixonada pelo novo, livros, fotografia, música e arte. LOUCA por viagens!

Comente pelo Facebook

Comentários:

Autor: Amanda Saueia

Brasileira. Geminiana. Contadora. Apaixonada pelo novo, livros, fotografia, música e arte. LOUCA por viagens!

Deixe um comentário