O que fazer em Buenos Aires? Parte 1

Chegamos em BA por volta das 21h de uma quinta-feira! Foi um vôo bem tranquilo saindo de São Paulo. É super pertinho, gente! A duração do vôo saindo de Guarulhos foi de duas horas e cinquenta minutos. Mas o que fazer em Buenos Aires?

Como o aeroporto é meio distante do centro da cidade, e também contando com o tempo na imigração, fila na esteira para pegar as malas,  espera pelo transfer – sim infelizmente não conseguimos pegar o Uber, chegamos no apartamento por volta das 23:20.

Mas eu li apartamento?

Sim, você leu certinho! Muitas pessoas quando perguntam para nós sobre viagens ou quando pedem auxílio para fazer a delas, elas já vem com uma certeza: Que iremos sugerir hostel. É bem verdade que os hostels têm lá seu custo benefício, mas não é sempre que eles são a única opção.

Nesse caso da Argentina, viajamos em seis pessoas. Então pelo número de pessoas, pela facilidade, comodidade e também preço, locar um apartamento  era mais viável.

Então não é sempre que o hostel vai ser a única opção. Cada viagem, cada lugar é único. E junto com ele as opções de estadia variam também!

O valor do apartamento para sete noites em Buenos Aires foi de R$ 316,60 por pessoa. Também pesquisamos hostels na região mas as diárias estavam muito caras! A gente iria gastar praticamente o dobro com a hospedagem.

Para economizar o máximo na hospedagem, pesquise muito os valores dos hotéis, hostels e Airbnb da região em que você quer se hospedar. Você pode acabar se surpreendeendo com algum hotel bacana em promoção, como aconteceu com a gente na Suíça, ficou mais barato se hospedar em um hotel três estrelas do que em um hostel!

O apartamento era bem simples, era mesmo quase como uma kitnet. Dormimos em 4 camas de solteiro, e um sofá cama. Tudo sem parede, e juntinhos.. bem igual coração de mãe mesmo!

Voltando ao Transfer..

Infelizmente não conseguimos pegar um uber porque a internet do aeroporto de Ezeiza não tinha o sinal para nós. Fomos até um balcão para comprar internet mas o preço era bem alto, então optamos por não comprar.

O táxi era bem caro, então a única solução era mesmo o transfer. Geralmente essa é uma opção mais em conta quando você compra antecipado, mas em cima da hora nem sempre compensa. Mas fazer o que, não é mesmo? Essa era nossa opção mais barata.

Então pagamos $ 40,00 dólares num carro para levar quatro pessoas de Ezeiza até o centro de Buenos Aires que era onde nos hospedamos. Na época os $ 10 dólares para cada um, deu R$ 36,00 (O dolár comprado foi no valor de R$3,60)

Dica: Se puder, desça em Buenos Aires no aeroporto que fica dentro da cidade, o Aeroparque. Ele é localizado no bairro de Palermo, a apenas 6km do centro. O Ezeiza é bem mais longe e você terá esse gasto extra com o transporte. A não ser é claro, como foi o nosso caso, que sua passagem baratinha compense. ;D

O que fazer em Buenos Aires?

Antes de decidir o que fazer em Buenos Aires? Uma dica: Pra qualquer viagem ficar mais barata, o ideal é fazer compras no mercado mais próximo e cozinhar sua própria comida. Então mão na massa pra fazer essa lista ai! O legal da lista é comprar somente o necessário pra sobrevivência dentro daqueles dias.

No dia seguinte então nós fizemos a nossa nos baseando apenas no café da manhã, lanchinhos e água durante o dia (porque se gasta muita energia) e alguns jantares, já que havíamos comprado alguns deles daqui do Brasil para alguns restaurantes locais e com show de tango incluído.

Mas por que não incluímos almoço? Não compensa incluir, já que geralmente (quase 98% das vezes) você estará na rua. Então o melhor é aceitar e comer na rua mesmo. Se ainda assim, não quiser gastar com restaurante, você pode optar em comprar sanduíches, salgados.. ou mesmo fazer em casa e levar.

Eu prefiro gastar um pouco a mais e comer comida de verdade ao invés de sanduíches e/ou salgados na hora do meu almoço, mas isso vai de cada um 😀

Nossa primeira lista de compras em Buenos Aires

Mas e os preços?!

Na nossa primeira ida ao mercado gastamos 490,00 pesos argentinos o equivalente a mais ou menos R$ 110,00. Isso foi comprando as coisas mais básicas, como alguns produtos de limpeza, água, castanhas, verduras, ovos e peito de frango.

Essa comprinha do primeiro dia durou quase três dias, lembrando que estávamos em seis pessoas. Numa segunda ida ao mercado, gastamos um poquito más. Então resumindo, o total do mercado gasto nessa semana em BA foi em torno de 940 pesos argentinos, o que deu em torno de R$ 211,24 reais – ou seja, R$ 35,21 por pessoa.

O almoço era em torno de 140 a 180 pesos, o equivalente mais ou menos de R$ 30,00 a R$ 40,00 reais.

 EL CAMINITO

Mas e o que fazer em Buenos Aires? Vamos começar pelo famoso El Caminito que é uma rua-museu de grande valor cultura em Buenos Aires e fica localizado no bairro La Boca. É um dos cartões postais da cidade, super romântico, há alguns bailarinos de tango no local, inclusive alguns pra você poder tirar foto! E custa uma média de 55,00 pesos por pessoa para tirar foto, o equivalente a mais ou menos R$12,36 reais.

Olha lá a pessoa achando que sabe dançar Tango!

Você sabia? Que o El Caminito adquiriu o seu significado cultural após o compositor Juan de Dios Filiberto se inspirar nele para a composição da música do famoso tango Caminito, em 1926?!

Hora do almoço

O dia tava lindo! Um solzinho gostoso e uma temperatura um pouco mais baixa. Na hora do almoço, comemos uma deliciosa Parrilla e desta vez, trocamos o vinho pela cerveja argentina Quilmes.

A famosa Parrilla!

No El Caminito também há diversos artesanatos e lojas locais para você comprar seus souvenirs. Eu como adoro essas coisas, tive que me controlar. Até porque por ser uma região mega turística em Buenos Aires, os preços são bem mais caros! Comprei uns imãs de geladeira e um avental da Mafalda – sei que eu não cozinho nada, mas, era a Mafalda né?!

A esquina mais disputada do Caminito!

Pra encerrar o dia, do primeiro roteiro do o que fazer em Buenos Aires, visitamos o estádio de futebol  La Bombonera que é do famoso time de futebol Boca Júniors. No estádio tem um tour guiado que custa 70 pesos (R$15,73). Como não somos fanáticos por futebol, acabamos ficando só com as fotos da frente do estádio mesmo.

La Bombonera!

Pra equilibrar com os gastos na rua desse primeiro dia de o que fazer em Buenos Aires, fomos para o apartamento e fizemos um jantar glamuroso  por lá mesmo. Nosso prato principal foi salade avec oeuf a famosa salada com ovo mesmo hahaha afinal #naoecaroviajar.

Se você deseja ver os outros postes sobre a Argentina, os links estão aqui embaixo. Um beijo e até o próximo post.

O que fazer em Buenos Aires – Parte 3

O que fazer em Buenos Aires – Parte 2

É caro viajar para Buenos Aires?

Escolhendo sua casa de tango em Buenos Aires

O que é câmbio paralelo e como encontrá-lo em Buenos Aires?

Parque de La Costa – Vale a Pena?

**Post Atualizado em 23 de Agosto de 2017.

Amanda Saueia

Brasileira. Geminiana. Contadora. Apaixonada pelo novo, livros, fotografia, música e arte. LOUCA por viagens!

Comente pelo Facebook

Comentários:

Autor: Amanda Saueia

Brasileira. Geminiana. Contadora. Apaixonada pelo novo, livros, fotografia, música e arte. LOUCA por viagens!

Deixe um comentário